TORCIDA

1 a 0 no Brasileirão | Em estreia, São Paulo vence Fortaleza com gol de Dani e homenagens a Ceni

1 a 0 no Brasileirão | Em estreia, São Paulo vence Fortaleza com gol de Dani e homenagens a Ceni
Classificação e JogosBrasileirão Em sua estreia no Campeonato Brasileiro por causa do adiamento da primeira rodada, o São Paulo venceu o Fortaleza por 1 a 0, hoje (13) à noite, no Morumbi. Foi a primeira partida de Rogério Ceni, grande ídolo tricolor, como adversário no estádio onde trabalhou como mandante mais de 600 vezes.Foi uma…
Classificação e Jogos

Em sua estreia no Campeonato Brasileiro por causa do adiamento da primeira rodada, o São Paulo venceu o Fortaleza por 1 a 0, hoje (13) à noite, no Morumbi. Foi a primeira partida de Rogério Ceni, grande ídolo tricolor, como adversário no estádio onde trabalhou como mandante mais de 600 vezes.

Foi uma noite de homenagens ao ex-goleiro, mas a alegria ficou mesmo por conta de Daniel Alves – autor do gol da vitória com assistência de Reinaldo e que estreou um novo visual com cabelo moicano.

As duas equipes voltam a jogar pelo Brasileirão no domingo. Às 16h, o São Paulo visita o Vasco em São Januário. Já o Fortaleza, com duas derrotas consecutivas, recebe o Botafogo às 19h30. Ambas as partidas pela terceira rodada da competição nacional.

Daniel Alves e Reinaldo comemoram gol do São Paulo contra o Fortaleza aos 43 minutos do primeiro tempo

Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Pablo desequilibra

Artilheiro tricolor na temporada e principal destaque do time de Fernando Diniz pós-paralisação do futebol, o atacante foi o grande fator de desequilíbrio da equipe com boa movimentação fora da área para buscar a bola e abertura de linhas de passe. Ele participou da jogada do gol de Dani Alves (que empatou com ele na artilharia de 2020) com o passe para o assistente Reinaldo. No fim, ele ainda tentou um gol de letra, mas errou. O que não atrapalha a boa atuação.

Paulão só olhou

A dificuldade na marcação das bolas aéreas já um problema diagnosticado do Fortaleza, mas hoje Paulão contribuiu decisivamente no lance do gol de Daniel Alves. No meio da área quando Reinaldo fez o cruzamento, o capitão do time de Rogério Ceni não colou nem em Igor Gomes, que entrou na primeira trave para enganar, nem em Dani, que apareceu no segundo pau. Paradão, só viu o Fortaleza tomar gol.

São Paulo cria pouco

O São Paulo demorou a encontrar seu jogo com Liziero titular em vez de Pato por causa de mudanças de posicionamento de outras peças, como Daniel Alves, que ficou mais como um atacante de lado. O primeiro tempo foi de poucas chances e muita procura ao camisa 10. Mas o gol saiu quando Pablo se movimentou para flutuar fora da área e Dani conseguiu atacar o espaço livre para aparecer no segundo pau após cruzamento de Reinaldo.

Daniel Alves aparece na segunda trave após Igor Gomes enganar a marcação na área

Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Na segunda etapa, mais pressionado, o time criou ainda menos oportunidades. Muito por causa das decisões erradas de Paulinho nos contra-ataques e da dificuldade de Liziero na saída de bola, o que obrigou Dani Alves a retomar o posicionamento habitual no time de Diniz.

Fortaleza não reage

Especialmente no primeiro tempo, faltou ao time de Rogério Ceni mais intensidade nos contra-ataques. Justamente assim foram criadas boas chances após o gol de Daniel Alves, com Osvaldo e Jackson. Só não teve gol. Além disso, o time pagou preço alto pela dificuldade na bola aérea, sempre com uma sobra por trás dos marcadores. Na etapa complementar, o time decidiu marcar mais em cima e correr riscos, e foi dessa maneira que Juninho balançou as redes em gol anulado pelo VAR após domínio com o braço.

Fora isso, uma falta perigosa cobrada pelo próprio Juninho aos 41 minutos e um abafa já nos acréscimos após a entrada de Wellington Paulista, nada demais.

Cronologia

O São Paulo abriu o placar aos 43 minutos do primeiro tempo. Pablo, pouco à frente da intermediária, serviu Reinaldo com espaço pelo lado esquerdo. O lateral-esquerdo levantou a cabeça e cruzou na segunda trave, onde Daniel Alves apareceu para concluir a gol. Aos três minutos do segundo tempo, o Fortaleza pressionou a saída de bola do São Paulo e fez Liziero errar. Juninho dominou, finalizou e fez o gol, mas o lance acabou anulado pela arbitragem de vídeo por um toque de braço.

Rogério Ceni comanda o Fortaleza contra o São Paulo, no Morumbi, em jogo da segunda rodada do Brasileirão

Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Lesão muda escalação

Fernando Diniz tinha definido a escalação do São Paulo com Vitor Bueno titular, mas o parceiro de ataque de Pablo sentiu um desconforto no músculo adutor da coxa esquerda e foi substituído às pressas por Paulinho depois do aquecimento – ele já tinha sentido dores no treino de segunda-feira e o clube preferiu não arriscar. A mudança causou uma reclamação do técnico Rogério Ceni, do Fortaleza, que não tinha tido acesso à escalação antes da entrada dos times em campo e reorientou Tinga. Vitor Bueno deve ficar à disposição na próxima rodada.

Homenagens a Ceni

Bandeirão com rosto de Rogério Ceni é estendido em São Paulo x Fortaleza, partida sem torcida no Morumbi

Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

O São Paulo preparou uma série de homenagens ao ídolo Rogério Ceni, que foi ao Morumbi pela primeira vez como adversário. Como jogador foram quase 600 partidas em 25 anos, além de um aproveitamento de 60,4% dos pontos nos 16 jogos da curta passagem como treinador. Hoje foi executado um vídeo no telão do estádio, além da exibição de bandeiras com sua imagem nas arquibancadas.

Drive in em Fortaleza

Para compensar a proibição de aglomerações, o Fortaleza estreou uma novidade hoje, no estacionamento do Centro de Eventos da capital cearense: o jogo contra o São Paulo foi transmitido num drive in, com telão de mais de 120 m² e permissão para apenas quatro pessoas por carro. Até a transmissão do Premiere mandou saudações ao público cearense que vive na pele o novo normal.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 1 x 0 FORTALEZA

Data: 13 de agosto de 2020, quinta-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)

Competição: Campeonato Brasileiro, 2ª rodada

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: José Eduardo Calza (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões amarelos: Bruno Alves (São Paulo); Jackson, Osvaldo (Fortaleza)

GOLS: Daniel Alves, aos 43/1ºT (1-0).

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Liziero (Luan), Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Paulinho (Gabriel Sara) e Pablo. Técnico: Fernando Diniz.

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Paulão, Jackson (Carlinhos) e Bruno Melo; Juninho (Wellington Paulista), Felipe e David; Romarinho (Mariano Vázquez), Osvaldo (Fragapane) e Yuri César (Gabriel Dias). Técnico: Rogério Ceni.

Fonte