TORCIDA

Andrés: ‘Corinthians não jogará mais o Brasileirão se liberar torcida apenas no Rio de Janeiro’

Andrés: ‘Corinthians não jogará mais o Brasileirão se liberar torcida apenas no Rio de Janeiro’
Sem receber torcedores há mais de quatro meses por conta da pandemia, os estádios de futebol podem voltar a contar com a presença do público em breve. O tema, porém, já gera polêmica. E nesta sexta-feira, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, se posicionou sobre o assunto.A divergência surgiu por conta do anúncio da Prefeitura…

Sem receber torcedores há mais de quatro meses por conta da pandemia, os estádios de futebol podem voltar a contar com a presença do público em breve. O tema, porém, já gera polêmica. E nesta sexta-feira, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, se posicionou sobre o assunto.

A divergência surgiu por conta do anúncio da Prefeitura do Rio de Janeiro, que confirmou portões abertos para o duelo entre Flamengo e Athletico Paranense, no dia 4 de outubro. Conforme adiantado pelo Meu Timão, a direção alvinegra vai lutar por igualdade e o mandatário já ameaçou até mesmo não entrar em campo.

“O Corinthians só aceita a volta do público aos estádios se todos os times da Série A tiverem a mesma oportunidade, independente do estado ou cidade. Se não forem as mesmas condições pra todos não entraremos em campo”, escreveu – veja publicação abaixo.

No Rio de Janeiro, a medida prevê a volta do público com utilização de até 30% dos lugares do estádio. Até aqui, o assunto nem vem sendo debatido pelos responsáveis no estado de São Paulo.

Confira a publicação de Andrés Sanchez

O Corinthians só aceita a volta do público aos estádios se todos os times da Série A tiverem a mesma oportunidade, independente do estado ou cidade. Se não forem as mesmas condições pra todos não entraremos em campo

— Andres Sanchez (@andresanchez63) September 19, 2020

Veja mais em:
Andrés Sanchez.

Fonte