BRASILEIRÃO

Arthur Elias explica mudanças na defesa do Corinthians em final do Paulista Feminino

Arthur Elias explica mudanças na defesa do Corinthians em final do Paulista Feminino
O Corinthians venceu o São Paulo na última quarta-feira e garantiu o tricampeonato do Paulistão Feminino. A equipe de Arthur Elias teve mudanças importantes em relação ao time titular do jogo de ida.A goleira Kemelli deu espaço para Natascha assumir à meta alvinegra no segundo jogo e Poliana foi substituída por Tarciane. Em entrevista coletiva…

O Corinthians venceu o São Paulo na última quarta-feira e garantiu o tricampeonato do Paulistão Feminino. A equipe de Arthur Elias teve mudanças importantes em relação ao time titular do jogo de ida.

A goleira Kemelli deu espaço para Natascha assumir à meta alvinegra no segundo jogo e Poliana foi substituída por Tarciane. Em entrevista coletiva concedida após a partida, o treinador explicou como a decisão foi tomada.

Foi uma decisão difícil, como sempre é, para escolher as melhores jogadoras para cada partida. Mas com bastante critério. As duas vinham muito bem nos treinamentos, então eu acho que o dever do treinador é saber aproveitar o momento de cada atleta“, destacou Arthur Elias.

Titular na decisão, Natascha foi a segunda goleira que mais entrou em campo pelo Corinthians na temporada. A goleira disputou 11 partidas – 18 jogos a menos do que a companheira de equipe, Kemelli. Além da boa resposta nos treinamentos, outra justificativa para a entrada da camisa 97 foi a saída de bola.

A Natascha, no jogo com os pés, se mostrou muito bem durante os treinamentos. Hoje teve um erro, mas uma saída de bola que precisava cansar as atacantes do São Paulo, desgastar elas para não tomar uma pressão intensa como a gente tomou no Morumbi. Ela fez muito bem essa função. Acho que acelerou bem o jogo com as zagueiras nesse início de construção, não precisou fazer grandes defesas. Não sofremos tanto”, explicou Arthur, que aproveitou para elogiar tanto Natascha, quanto Kemelli, pela temporada feita pelas goleiras no primeiro ano de clube das jogadoras.

(Natascha) É uma goleira com potencial incrível. Ela teve um ano muito difícil por uma adaptação. Ela saiu da Europa, veio da França para cá, ela teve um ano com lesão, fez cirurgia. As coisas não foram muito bem como ela imaginava, mas ela se preparou muito para poder aproveitar esse último momento do ano. E a Kemelli não tem nenhum demérito. Eu falei para ela que ela tem muitos méritos esse ano, porque o que ela fez, substituir as duas goleiras que tínhamos, tanto a Lelê que saiu, quanto a Tai, que lesionou, a gente propôs sempre algo complexo para as nossas goleiras. E ela pegou muito rápido, foi criando segurança, uma dedicação extrema. Uma goleira que fez algo muito difícil no ano. Então estou muito satisfeito com todo o trabalho das goleiras, assim como o das outras jogadoras”, completou o treinador.

Outra opção foi pela entrada de Tarciane no lugar de Poliana para formar a dupla de zaga com Giovanna Campiolo. Arthur destacou que a jovem zagueira, de apenas 18 anos de idade, é extremamente promissora e que a opção por Tarci foi feita, principalmente, em relação a sua especialidade nas bolas paradas.

“Em relação à Tarci, ela, junto com a Lauren, que estava do outro lado hoje, são duas zagueiras que estarão muito tempo na Seleção Brasileira daqui pra frente. A Tarci tem um potencial incrível. Eu acreditei muito nela no jogo de hoje em relação à bola parada, também nesse início de construção, ela melhorou muito na velocidade do passe, nas escolhas dela. É uma zagueira muito veloz também”, destacou Arthur Elias.

Erramos o tempo de bola em alguns momentos no primeiro tempo. A bola passou da linha da zaga e a gente conseguiu ter cobertura porque a nossa linha de baixo era bastante rápida hoje. E é isso. Aproveitar o momento, não ter medo de tomar decisão, de escalar. Eu trabalhei muito tempo com atletas jovens, acho que sei mexer com elas e dar oportunidade no momento certo. Ela fez um grande jogo e está de parabéns. Ajudou muito nossa equipe“, encerrou o treinador.

Veja mais em:
Arthur Elias, Tarciane, Natascha, Kemelli, Poliana, Majestoso, Campeonato Paulista, Títulos do Corinthians Feminino e Corinthians Feminino.

Fonte