CARLOS AUGUSTO

Botafogo e Diego Souza entram em acordo e atacante não atua pelo clube em 2020

Botafogo e Diego Souza entram em acordo e atacante não atua pelo clube em 2020
A curta relação entre Botafogo e Diego Souza chegou a um fim. Nesta segunda-feira, a diretoria do Alvinegro conseguiu um acordo para rescindir o contrato do atacante, que não permanecerá no clube de General Severiano para 2020. A informação foi dada primeiramente pelo "O Globo" e confirmada pelo LANCE!. Diego Souza em ação pelo Botafogo…

A curta relação entre Botafogo e Diego Souza chegou a um fim. Nesta segunda-feira, a diretoria do Alvinegro conseguiu um acordo para rescindir o contrato do atacante, que não permanecerá no clube de General Severiano para 2020. A informação foi dada primeiramente pelo “O Globo” e confirmada pelo LANCE!.

Diego Souza em ação pelo Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

Foto: Lance!

Diego Souza chegou ao Botafogo no ano passado, por empréstimo junto ao São Paulo. Uma cláusula no contrato, contudo, fazia com que os direitos federativos do jogador fossem repassados em definitivo ao Alvinegro por dois anos caso o Tricolor não mostrasse interesse na manutenção do atleta para a temporada seguinte, já que seu vínculo com o clube do Morumbi terminava em dezembro de 2019, o que aconteceu.

Os salários, que eram divididos pelas equipes, portanto, seriam pagos de forma integral pelo Botafogo. O clube de General Severiano, passando por problemas financeiros e se reestruturando para a possível chegada da S/A, não tinha condições de pagar, entre CLT e direitos de imagem, cerca de 600 mil reais por mês a Diego Souza.Inicialmente, a intenção da diretoria foi buscar um acordo para diminuir os vencimentos mensais do atacante – assim como acontecera com Cícero, também com renovação contratual automática. Como o treinador Alberto Valentim não contava com Diego Souza para 2020, a cúpula alvinegra foi se desenrolando para uma rescisão de contrato com o ex-camisa 7.

A quebra do vínculo foi selada nesta segunda-feira, com Carlos Augusto Montenegro, ex-presidente do Botafogo e membro do comitê de futebol, e Eduardo Uram, empresário de Diego Souza. No acordo, o Alvinegro pagará uma multa por descumprir o contrato antes do vencimento original. A reunião com o próprio jogador e seu estafe estava marcada para a próxima quarta-feira, mas a questão foi resolvida antes.

Contratação de peso para a última temporada, Diego Souza deixa o Botafogo com nove gols marcados em 41 partidas disputadas. Agora, o atacante de 34 anos está livre para buscar uma nova equipe.

Fonte