CARLOS AUGUSTO

Brasil é caso “mais exacerbado” entre emergentes de descompasso entre commodities, moeda e inflação, diz Campos Neto

Brasil é caso “mais exacerbado” entre emergentes de descompasso entre commodities, moeda e inflação, diz Campos Neto
Por José de Castro e Gabriel Ponte SÃO PAULO/BRASÍLIA (Reuters) - O Brasil é o caso "mais exacerbado" no mundo emergente em que a moeda não tem acompanhado a valorização das commodities, o que acaba gerando mais inflação, disse nesta terça-feira o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, também afirmando que a economia doméstica…

Por José de Castro e Gabriel Ponte

SÃO PAULO/BRASÍLIA (Reuters) – O Brasil é o caso “mais exacerbado” no mundo emergente em que a moeda não tem acompanhado a valorização das commodities, o que acaba gerando mais inflação, disse nesta terça-feira o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, também afirmando que a economia doméstica deve experimentar reabertura mais rápida com a vacinação de grande parte dos grupos de risco em dois ou três meses.

Campos Neto destacou ser impossível discutir qualquer cenário sem falar de pandemia e que duas coisas tiram seu sono: a necessidade de reabertura da economia –e, por tabela, de vacinação em massa– e o descontrole fiscal, que, por sua vez, reduz a eficiência da política monetária.

Copyright © Thomson Reuters.

Fonte