BRASILEIRÃO

Câmara aprova moção de repúdio às falas sexistas de Arthur do Val

Câmara aprova moção de repúdio às falas sexistas de Arthur do Val
O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (8/3), Dia Internacional da Mulher, uma moção de repúdio às declarações sexistas do deputado estadual Arthur do Val (Podemos-SP), conhecido como Mamãe Falei, sobre refugiadas ucranianas.Parlamentares cobraram a cassação do mandato dele pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) e pediram que outros partidos não deem…

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (8/3), Dia Internacional da Mulher, uma moção de repúdio às declarações sexistas do deputado estadual Arthur do Val (Podemos-SP), conhecido como Mamãe Falei, sobre refugiadas ucranianas.

Parlamentares cobraram a cassação do mandato dele pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) e pediram que outros partidos não deem espaço para o deputado, que anunciou nesta terça sua desfiliação do Podemos, mesma legenda do pré-candidato à Presidência da República Sergio Moro.

Nas mensagens, reveladas pela coluna de Igor Gadelha, do Metrópoles, Arthur do Val afirma que as refugiadas que ele encontrou na fronteira entre a Eslovênia e a Ucrânia “são fáceis, porque são pobres”. O deputado também compara a beleza das refugiadas ucranianas com a das mulheres encontradas na fila de uma balada em São Paulo.

Deputado Arthur do Val, Mamãe Falei

Deputado estadual Arthur do Val (Podemos), mais conhecido como Mamãe Falei, na UcrâniaReprodução/Instagram

***Arthur-do-Val-o-Mamãe-Falei (10)

Além da desfiliação ao Podemos, o deputado comunicou que não integrará mais o MBL. Ele também enviou uma carta aos gabinetes de todos os colegas da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) pedindo para não ter o mandato cassadoReprodução/Instagram

***Arthur-do-Val-o-Mamãe-Falei (5)

Em 2020, Arthur se filiou ao Patriota e disputou a prefeitura da cidade de São Paulo, terminando na quinta colocação. Focado em disputar o Palácio dos Bandeirantes nas eleições de 2022, do Val se filiou ao PodemosFábio Vieira/Metrópoles

***Arthur-do-Val-o-Mamãe-Falei (6)

No final de fevereiro deste ano, em meio à guerra na Ucrânia, o deputado e o coordenador do MBL, Renan Santos, viajaram para o país europeuFábio Vieira/Metrópoles

Sergio Moro e Arthur do Val

Sergio Moro e Arthur do ValReprodução

A deputada Sâmia Bomfim (SP), líder do PSol na Câmara, autora do requerimento, que foi endossado por toda a bancada feminina, discursou. “É de uma extrema vergonha, é inadmissível que ele siga como deputado na Assembleia Legislativa de São Paulo. Aqui é uma moção de repúdio, que é o que cabe a esse Parlamento, mas quero conclamar que endossem o pedido de cassação do deputado Arthur do Val e que ele não receba guarida em nenhum outro partido”, disse.

“Eu espero que o partido desse cidadão o expulse”, disse Soraya Santos (PL-RJ). “A direção de cada partido que não permita que esse verme possa compor quadros políticos jamais. Ele nos envergonha como brasileira e como política”, acrescentou.

“É nojento, é revoltante, é de doer a alma ver um deputado ter essa postura com mulheres em uma situação de sofrimento”, afirmou a deputada Tabata Amaral (PSB-SP).

Fonte