BRASILEIRÃO

Campeonato Brasileiro | Luciano decide mais uma vez, e SPFC vence Athletico por 1 a 0

Campeonato Brasileiro | Luciano decide mais uma vez, e SPFC vence Athletico por 1 a 0
Classificação e JogosBrasileirão O São Paulo conseguiu um importante resultado para brigar pela ponta do Brasileirão. Hoje (26), no Morumbi, o Tricolor derrotou o Athletico-PR por 1 a 0. Esse foi o segundo triunfo consecutivo do time paulista, que agora ocupa a terceira posição na tabela de classificação. O gol foi marcado por Luciano, no…
Classificação e Jogos

O São Paulo conseguiu um importante resultado para brigar pela ponta do Brasileirão. Hoje (26), no Morumbi, o Tricolor derrotou o Athletico-PR por 1 a 0. Esse foi o segundo triunfo consecutivo do time paulista, que agora ocupa a terceira posição na tabela de classificação. O gol foi marcado por Luciano, no segundo tempo.

Agora, a equipe do antes pressionado Fernando Diniz, está com dez pontos no campeonato — apenas dois atrás do líder Internacional. Já o Athletico-PR se mantém em décimo lugar, com seis pontos (pode ainda ser ultrapassado por Corinthians ou Fortaleza, que se enfrentam nesta noite). Na próxima rodada, o São Paulo disputa o clássico com o Corinthians, no domingo (30). Os paranaenses encaram o Atlético-MG, no Mineirão.

Luciano também mostrou que vive uma boa fase. Em sua terceira partida (a segunda no Morumbi) com a camisa do São Paulo, o jogador já soma dois gols e uma assistência. O atacante foi envolvido em uma troca com Everton, hoje no Grêmio. No finalzinho, porém, o atacante sentiu e foi substituído por Igor Gomes.

Partida adiantada

O duelo desta noite é válido pela 11ª rodada do Brasileirão. O confronto, que estava originalmente marcado para setembro, foi adiantado para atender ao pedido do São Paulo. A equipe do Morumbi queria reduzir a sequência de jogos no próximo mês, quando a Copa Libertadores será retomada.

Protestos

Assim como aconteceu no jogo com o Bahia, na última semana, alguns torcedores foram até a porta do Morumbi para protestar. Faixas foram colocadas no local e os principais alvos de críticas eram o técnico Fernando Diniz e a diretoria.

Jogo misterioso

Para seguir os protocolos de segurança durante a pandemia do novo coronavírus, o Morumbi teve portões fechados para o público. O duelo desta noite também não teve transmissão pela televisão, pois o Athletico-PR não tem acordo com a Rede Globo.

Amigos

Fernando Diniz e Dorival Júnior têm uma relação muito próxima. Por causa da amizade dos dois, Diniz passou a frequentar as dependências do São Paulo em 2017, quando Dorival era o técnico do Tricolor paulista.

Quem foi bem

Luciano, mais uma vez, foi decisivo. O atacante mostrou disposição e balançou as redes do adversário.

Quem foi mal

Vítor Bueno ficou aquém do esperado. O atacante parecia um pouco desatento e não deu sequência às jogadas.

Desempenho do São Paulo

O time seguiu a filosofia de Diniz e tentou sair desde o campo de defesa com a bola no chão. Assim, algumas vezes, o time deu sustos quando era pressionado. Depois de estudar bastante o adversário, o Tricolor passou a buscar mais o ataque, mas tinha dificuldade para encontrar espaço na defesa adversária.

Desempenho do Athletico-PR

Mesmo fora de casa, a equipe paranaense teve uma postura um pouco mais ofensiva no início do confronto. Sem efetividade no ataque, a equipe passou a recuar um pouco mais e viu o adversário crescer.

Cronologia do jogo

As duas equipes se estudaram mais no início do confronto, que teve um ritmo mais lento. O Athletico-PR passou a se impor no decorrer do primeiro tempo e criou algumas oportunidades. Aos 12 minutos, por exemplo, Bissoli ficou na frente do gol, mas Volpi impediu o tento dos visitantes.

O Tricolor passou a equilibrar as ações a partir dos 25 minutos. Luciano até arriscou algumas vezes. Faltava um pouco mais de objetividade para os dois times, que erravam na hora do último passe.

O duelo seguiu truncado no primeiro tempo. As duas equipes até tiveram chances, como no chute de Léo Citaddini e a defesa de Volpi. Mas no geral, os times deixaram a desejar.

Para deixar o time mais criativo e dar mais força ao sistema ofensivo, Diniz mexeu na escalação. O treinador tirou Gabriel Sara e Vítor Bueno, para colocar Hernanes e Paulinho Boia. O Profeta começou bem a sua participação e ajudou o time no ataque. Pablo, por exemplo, teve uma boa chance aos dois minutos.

A pressão do São Paulo deu o resultado esperado. Aos 19, após cobrança de escanteio, Luciano, de cabeça, marcou o seu. Mesmo em vantagem, o Tricolor ainda criou mais algumas oportunidades, como em cobrança de falta de Hernanes.

Diniz ainda precisou fazer uma mudança inesperada. Daniel Alves sentiu o braço direito após disputa de bola com o adversário e precisou ser substituído. Luan foi o escolhido para a vaga do camisa 10. No finalzinho, mais um susto para os tricolores. Luciano sentiu e precisou ser substituído, por Igor Gomes.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO x ATHLETICO-PR

Data: 26 de agosto de 2020, quarta-feira

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)

Competição: Campeonato Brasileiro, 11ª rodada

Árbitro:Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Michael Correia (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

Quarto Árbitro: Salim Fende Chavez (SP)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Cartões amarelos: Reinaldo, Igor Vinícius (São Paulo) Pedrinho (Athletico-PR)

Gol: Luciano aos 19 do 2º tempo

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Diego Costa, Léo Pelé e Reinaldo; Tchê Tchê (Liziero), Gabriel Sara (Hernanes) e Daniel Alves (Luan); Vitor Bueno (Paulinho Boia), Pablo e Luciano (Igor Gomes). Técnico: Fernando Diniz

ATHLETICO-PR: Santos; Khellven, Lucas Halter, Pedro Henrique e Abner; Wellington; Richard (Fernando Canesin), Léo Cittadini (Lucho González), Geuvânio (Christian) e Pedrinho (Jajá); Bissoli (Vinicius Mingotti). Técnico: Dorival Jr.

Fonte