TORCIDA

CBF e João Dória se reunirão em janeiro para discutir torcida única

CBF e João Dória se reunirão em janeiro para discutir torcida única
De acordo com o Confederação Brasileira de Futebol, Rogério Caboclo e governador de São Paulo buscam 'solução definitiva' para que torcidas possam conviver nos estádios Rogério Caboclo, presidente da CBF, e João Dória, governador de São Paulo, conversaram por telefone, na tarde deste sábado, e agendaram para janeiro uma reunião com o intuito de discutir…

De acordo com o Confederação Brasileira de Futebol, Rogério Caboclo e governador de São Paulo buscam ‘solução definitiva’ para que torcidas possam conviver nos estádios

Rogério Caboclo, presidente da CBF, e João Dória, governador de São Paulo, conversaram por telefone, na tarde deste sábado, e agendaram para janeiro uma reunião com o intuito de discutir a realização de partidas com torcida única no estado. O chefe da entidade que comanda o futebol nacional esteve em Bragança Paulista para a entrega da taça de campeão da Série B do Brasileirão ao Bragantino.

Rogério Caboclo em final do Mundial Sub-17 (Créditos: Alexandre Loureiro/CBF)

Foto: Lance!

O debate relacionado à torcida única esteve em pauta durante a semana após o pedido de Polícia Militar e do Ministério Público paulistas para que não houvesse torcedores do Flamengo no jogo contra o Palmeiras, neste domingo, no Allianz Parque.

De acordo com a assessoria de imprensa da CBF, a ideia é que o Governo de São Paulo e a entidade “busquem, conjuntamente com os órgãos de segurança, Ministério Público, Tribunal de Justiça do Estado e Federação Paulista, uma solução definitiva para esta situação”.

Em nota emitida na última sexta-feira, a confederação manifestou sua contrariedade à realização de jogos de futebol com torcida única. A CBF, porém, afirma que se viu “compelida a acatar a recomendação do Ministério Público de São Paulo, em razão do grave temor manifestado pelos órgãos de segurança pública”.

Fonte