MORUMBI

CBF é punida por gritos homofóbicos na estreia da Copa América

CBF é punida por gritos homofóbicos na estreia da Copa América
Confederação Brasileira de Futebol terá que arcar com 15 mil dólares por conta de insultos ao goleiro boliviano, na estreia da Copa América  Jogo entre Brasil e Bolívia foi na primeira rodada da Copa América (Foto: Miguel SCHINCARIOL / AFP) Pouco antes de a bola rolar para o duelo entre Brasil e Paraguai, realizado na…

Confederação Brasileira de Futebol terá que arcar com 15 mil dólares por conta de insultos ao goleiro boliviano, na estreia da Copa América 

Jogo entre Brasil e Bolívia foi na primeira rodada da Copa América (Foto: Miguel SCHINCARIOL / AFP)

Pouco antes de a bola rolar para o duelo entre Brasil e Paraguai, realizado na Arena do Grêmio nesta quinta-feira, pelas quartas de final da Copa América, a Conmebol puniu a CBF com 15 mil dólares (cerca de R$ 57 mil) por conta de gritos de “bicha” no tiro de meta da estreia da Seleção no torneio, no Morumbi.

De acordo com a Conmebol, o Brasil infringiu três artigos do regulamento disciplinar da entidade sul-americana. O duelo ocorreu diante da Bolívia, quando o goleiro Carlos Lampe foi alvo de gritos homofóbicos de parte da torcida presente ao estádio do São Paulo. O placar foi 3 a 0 para a equipe de Tite. 

Nas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia-2018, a CBF já havia sido multada e advertida pelos mesmos motivos. A entidade nacional já teve que desembolsar cerca de R$ 500 mil para a Fifa.

Fonte