BRASILEIRÃO

Com convocada por Pia, São Paulo anuncia 8 reforços para o time feminino

O São Paulo anunciou através das redes sociais seus oito reforços para o time feminino. Com presença até mesmo de atacante convocada pela técnica da Seleção Brasileira, a sueca Pia Sundhage, a diretoria quer manter a ascensão das mulheres tricolores, que no ano passado chegaram em todas as finais que disputaram. O primeiro reforço anunciado…

O São Paulo anunciou através das redes sociais seus oito reforços para o time feminino. Com presença até mesmo de atacante convocada pela técnica da Seleção Brasileira, a sueca Pia Sundhage, a diretoria quer manter a ascensão das mulheres tricolores, que no ano passado chegaram em todas as finais que disputaram.

O primeiro reforço anunciado pelo São Paulo foi a atacante Glaucia. No ano passado, ela foi eleita a melhor jogadora da posição no Brasileirão feminino, encerrando a temporada com 19 gols. No torneio nacional, balançou as redes 14 vezes e deu outras 14 assistências.

Quem também desembarcou no Morumbi em 2020 foi Duda, outra jogadora para o sistema ofensivo. A atleta estava na Noruega havia duas temporadas e decidiu retornar ao Brasil, onde poderá ter uma vitrine maior e estar mais perto da comissão técnica da Seleção, que a convocou para o último compromisso de 2019.

Ainda no setor ofensivo, o São Paulo também contará com Mirla, Kamilla e Ana Caroline. Já na linha de defesa, o Tricolor terá à sua disposição mais três novos nomes: a goleira Thais Helena, a zagueira Gislaine e a lateral-esquerda Dani.

Por outro lado, o São Paulo não deverá contar com a estrela da equipe em 2019, Cristiane. A atleta não renovou com o clube e a tendência é que ela não permaneça. Além dela, a meia Ary e a atacante Ottilia foram para o Palmeiras, enquanto a atacante Valéria se transferiu para o futebol espanhol.

Em 2020, o São Paulo terá a difícil missão de manter o alto nível demonstrado na temporada passada. O time chegou à final da Série A2 do Brasileirão, da Copa Paulista e do Paulistão, faturando a Segunda Divisão brasileira ao superar o Cruzeiro e ficando com o vice-campeonato nas outras duas competições.

Além desses oito reforços, o São Paulo também promoveu cinco atletas da base e manteve outras 13 jogadores do elenco do ano passado, incluindo Yaya, um dos principais destaques da equipe e que renovou contrato com o clube do Morumbi até 2021.


Gazeta Esportiva

Fonte