CARLOS AUGUSTO

Contas bancárias da Igreja Renascer em Cristo são bloqueadas pela Justiça

Contas bancárias da Igreja Renascer em Cristo são bloqueadas pela Justiça
Estevam Hernandes e Sônia Hernandes (Reprodução) As contas bancárias da Igreja Renascer em Cristo, liderada pelo apóstolo Estevam Hernandes e a bispa Sônia, foram bloqueadas pela Justiça de São Paulo. O motivo é em razão de uma dívida do pagamento do aluguel de um templo na Vila Andrade, zona sul de São Paulo. A decisão…

Estevam Hernandes e Sônia Hernandes (Reprodução)

As contas bancárias da Igreja Renascer em Cristo, liderada pelo apóstolo Estevam Hernandes


e a bispa Sônia, foram bloqueadas pela Justiça de São Paulo.

O motivo é em razão de uma dívida do pagamento do aluguel de um templo na Vila Andrade, zona sul de São Paulo.

A decisão foi tomada pela juíza Patrícia Martins Conceição em um processo movido pelas empresas Nova Dengucho e Nova Munin, que cobram uma dívida calculada em R$ 761,7 mil.

Entretanto, a igreja nega a dívida, mas questiona o valor atualizado do débito, argumentando que as empresas não descontaram corretamente do cálculo os valores já pagos.

“Os parcos valores recebidos [pela Renascer] são aplicados no pagamento de aluguéis, despesas com colaboradores e pastores, e a água e a luz dos templos”, afirmou na petição apresentada à Justiça pelos seus advogados. “Ou seja, exclusivamente para a subsistência da Igreja.”

A Igreja Renascer ressaltou no processo que pretende pagar a dívida e que está disposta a negociar um acordo de pagamento de R$ 30 mil por mês com a empresa.

A instituição também solicitou que a juíza, além de suspender o bloqueio da sua conta corrente, determine a um contador judicial que realize o cálculo correto do débito. A Justiça ainda não analisou o pedido.

Fonte