BRASILEIRÃO

Crescem doações à pastoral do padre Júlio Lancellotti após ataque de Janaina Paschoal

Crescem doações à pastoral do padre Júlio Lancellotti após ataque de Janaina Paschoal
Padre Júlio Lancellotti e Janaina Paschoal, deputada estadual pelo PSL (Foto: Montagem)

Após a deputada Janaina Paschoal (PSL-SP) criticar trabalho de caridade do padre Júlio Lancellotti , conhecido defensor dos direitos humanos, o número de voluntários e de doações para a Pastoral do Povo da Rua de São Paulo aumentou consideravelmente.

Em publicação no Twitter, neste domingo, a parlamentar disse que as doações de alimentos à Cracolândia ‘ajudam a criminalidade’ local e foi duramente criticada na web. Até a publicação desta matéria, a postagem de Janaina tinha pouco mais de 4,3 mil curtidas, e mais de 6,3 mil comentários. Em resposta, muitos internautas se ofereceram para doar alimentos à pastoral e compartilharam as boas ações no Twitter do pároco.

Janaina criticou a ação e afirmou que “as pessoas que trabalham e vivem naquele local não aguentam mais conviver com aquilo”. O padre Júlio Lancellotti, coordenador da organização que presta serviços comunitários no local , em um post em suas redes sociais, afirmou que a Polícia Militar cercou todas as entradas da região da Luz, em SP, e impediu a equipe distribuir os donativos e alimentos.

“As pessoas que moram e trabalham naquela região já não aguentam mais. O Padre e os voluntários ajudariam se convencessem seus assistidos a se tratarem e irem para os abrigos. A distribuição de alimentos na Cracolândia só ajuda o crime. O tema precisa ser debatido com honestidade”, afirmou a deputada.

Após a repercussão, a deputada disse que não atacou ninguém, estava apenas propondo uma reflexão. “Eu não ataquei ninguém, só estou propondo uma reflexão. Há anos, todos reclamam da Cracolândia, mas ninguém tem coragem de olhar para as ações que findam por colaborar que aquela região siga assim. Alimentar no vício só estimula o ciclo vicioso! Peço que pensem a respeito!”

Após a parlamentar se posicionar a favor da ação da PM e afirmar que a distribuição de alimentos no local só fortalecer o crime, internautas resolveram se mobilizar para ajudar, e diversos prints de comprovantes de doações vêm sendo publicados em um post antigo do padre, onde ele pedia ajuda para continuar com o projeto.

Saiba como doar aqui: https://twitter.com/pejulio/status

Fonte: Último Segundo


Fonte