TORCIDA

Da lateral para a zaga: Avelar deve ser o titular do Corinthians no Dérbi

Da lateral para a zaga: Avelar deve ser o titular do Corinthians no Dérbi
A dúvida em relação ao substituto de Pedro Henrique para o Dérbi desta quarta-feira está praticamente sanada, uma vez que Danilo Avelar foi o escolhido pelo Corinthians para conceder entrevista coletiva virtual nesta terça-feira, indicando que ele deverá ser mesmo o titular ao lado de Gil para o clássico, após a saída de seu antigo…

A dúvida em relação ao substituto de Pedro Henrique para o Dérbi desta quarta-feira está praticamente sanada, uma vez que Danilo Avelar foi o escolhido pelo Corinthians para conceder entrevista coletiva virtual nesta terça-feira, indicando que ele deverá ser mesmo o titular ao lado de Gil para o clássico, após a saída de seu antigo companheiro para o Athletico-PR. É a primeira chance do jogador na posição desde que virou zagueiro efetivamente.

Aparentemente, Avelar ganhou a disputa com Bruno Méndez pela titularidade do setor, uma vez que o outro concorrente, Léo Santos, sentiu dores no joelho e está fora do Dérbi. Mais experiente do que o uruguaio, o lateral levou vantagem de acordo com a observação de Tiago Nunes, um dos responsáveis pela mudança de posição do jogador de 31 anos, com passagem pela Itália.

– Quando chegou o Tiago, a diretoria já sabia um pouco desse meu interesse, já tinha deixado claro. Tive uma conversa muito bacana, me deixaram muito à vontade. Acho que eu precisava sentir o momento ideal, na hora certa, e acho que a hora certa chegou e eu tenho que fazer por merecer – disse em entrevista para a TV oficial do clube há cerca de dez dias.

Engana-se, porém, quem pensa que se trata de um improviso. Segundo o próprio Avelar, a mudança de posição é um assunto que mora nas suas intenções há algum tempo, desde sua passagem de quase uma década pelo futebol europeu. E a hora de mostrar essa preparação chegou justamente em um duelo diante do maior rival, na reestreia do Campeonato Paulista.

– Na verdade essa mudança de posição não foi um acaso nem um improviso, era algo que desde a época de Itália já se falava, pela minha altura, meu estilo defensivo. Então quando eu cheguei no Brasil, aos poucos eu fui sentido que o momento iria chegar. Acho que o momento chegou. No ano passado, nas rodadas finais do campeonato, com o Coelho, eu consegui atuar um pouco na parte defensiva – explicou na mesma entrevista para a Corinthians TV.

Por curiosidade, Avelar não havia sido inscrito no início do ano para o Paulistão, o que aconteceria somente se o clube passasse para as quartas de final da competição. O zagueiro foi deixado fora da primeira lista pois estava com uma lesão no púbis, da qual só foi se recuperar completamente apenas durante o período de paralisação por conta da pandemia de coronavírus, tendo finalizado o processo quando as atividades foram retomadas no CT Joaquim Grava.

Na última segunda-feira, Danilo Avelar foi inscrito no Paulistão e está apto para enfrentar o Palmeiras na próxima quarta-feira. E se depender da vontade dele, mesmo sem as arquibancadas lotadas, o espírito corintiano estará dentro de campo para buscar os três pontos no Dérbi, do qual já foi protagonista no Paulistão-2019, quando marcou o gol da vitória, no Allianz Parque.

– Jogo sem torcida não é nada legal. Não vou dizer que é desmotivador, porque temos que estar ali, independentemente da circunstância, fazendo o nosso melhor. Mas, especialmente a nossa torcida, que é um 12º jogador, faz muita falta. É ruim aquele silêncio, muito estranho. Dentro de campo, quando o juiz apita, não tem desculpinha: aí é sangue no olho, tapa na orelha e vamos para cima – concluiu o zagueiro, em entrevista para a Corinthians TV.

Para se classificar para as quartas de final do estadual, o Timão precisa vencer o rival nesta quarta-feira e o Oeste no próximo domingo, além disso é necessário torcer para que o Guarani não pontue contra Botafogo-SP e São Paulo. Em caso de empate ou derrota na Arena na reestreia, o time de Tiago Nunes estará eliminado do Paulistão e focará no Brasileirão-2020.

Fonte