DESTAQUE

DANIEL ALVES: Marketing, patrocinadores? Relembre jogadores que atuaram no Brasil graças aos

DANIEL ALVES: Marketing, patrocinadores? Relembre jogadores que atuaram no Brasil graças aos
(Foto: Marcos Ribolli) Por: Igor Souza A contratação de Daniel Alves movimentou o mundo do futebol e as redes sociais no dia de sua apresentação. A linda festa da torcida no Morumbi, o vídeo de apresentação, tudo era um sonho lindo ao torcedor do São Paulo Futebol Clube. Hoje, o Tricolor tem em seu elenco…
(Foto: Marcos Ribolli)

Por: Igor Souza

A contratação de Daniel Alves movimentou o mundo do futebol e as redes sociais no dia de sua apresentação. A linda festa da torcida no Morumbi, o vídeo de apresentação, tudo era um sonho lindo ao torcedor do São Paulo Futebol Clube. Hoje, o Tricolor tem em seu elenco o maior campeão da história do futebol, mas ainda não conseguiu parceiros para ajudar no pagamento de seus vencimentos e além disso, não consegue trabalhar a imagem deste grande símbolo do time atual.

Nos últimos anos muitos atletas de nome chegaram ao Brasil com a ajuda de patrocinadores e isso deu certo no ponto de vista financeiro; Robinho no Atlético-MG, Rodriguinho no Cruzeiro e Paolo Guerreiro no Flamengo. Do ponto de vista técnico e o que entregou dentro de campo, talvez não tenham sido as melhores contratação, mas se olharmos para o aspecto financeiro, os negócios contaram com o auxílio de patrocinadores e ajudaram os 3 clubes a não fecharem no vermelho por conta desses nomes (o Caso do Cruzeiro vai muito além do Pedro Rocha).

Conforme confirmou o GloboEsporte.com, o São Paulo ainda não encontrou parceiros para conseguir a divisão nos direitos de imagem do jogador. Os valores, referentes aos salários (R$500mil), começarão a ser pagos pelo clube, no entanto, as despesas semestrais dos direitos de imagem irão chegar e isso pode conturbar ainda mais a vida financeira de um clube que pegou R$37 milhões de empréstimos e atrasou direitos de imagens de outros atletas no primeiro semestre. As contas irão chegar. E como o São Paulo planeja tudo isso?

O Marketing do clube terá que trabalhar intensamente, talvez até como nunca tenha demonstrado com outros nomes até mesmo neste atual elenco. Hernanes, Pato, Volpi, Pablo (a contratação mais cara da história), pouco são utilizados para gerar lucro além do campo. A imagem e chegada de Daniel Alves geraram 7 mil novos sócios-torcedores ao clube e os primeiros jogos do atleta lotaram o Morumbi, mas isso já não aconteceu contra o CSA (30 mil pessoas) e provavelmente não irá ocorrer contra o Goiás, numa quarta à noite, no Morumbi.

Com salários, direitos de imagens e luvas, o São Paulo terá que desembolsar algo em torno de R$1,5 milhões por mês com o lateral Daniel Alves. Se existir um novo atraso, isso poderia rachar o elenco? A notícia na época da contratação era que o São Paulo estava encaminhado com as empresas parceiras, mas depois de 1 mês e 23 dias, a situação parece ser a mesma.

RELEMBRE OS ÚLTIMOS CASOS DE JOGADORES QUE CHEGARAM AOS CLUBES COM O AUXÍLIO FINANCEIRO DE PATROCINADORES

ROBINHO – ATLÉTICO-MG


(Foto: Reprodução/GE.com)

A ida de Robinho para o Atlético estava condicionada ao acerto do atacante com a fornecedora de material esportivo. A Dry World, que desbancou a Puma este ano como patrocinadora do Atlético, havia condicionado a proposta feita a Robinho para também patrocinar o atleta. Portanto, a empresa também ajudou financeiramente o clube no pagamento dos direitos.

PAOLO GUERREIRO – FLAMENGO


(Foto: Reprodução/GE.com)

Um dos maiores modelos de gestões do Brasil nos últimos anos, o Flamengo trouxe o peruano Paolo Guerreiro após ter tudo concretizado com os patrocinadores deste negócio. O acordo foi viabilizado com os ajustes nos custos para acomodar os salários do atleta e com ajuda de empresas dispostas a associar seus nomes ao de um ídolo da maior torcida no Brasil. Parcela do dinheiro da Jeep, que em maio daquele ano colocou seu logo na camisa rubro-negra, pagou parte dos vencimentos do atacante.

RODRIGUINHO – CRUZEIRO

Foto: Reprordução

Contratado no início do ano pelo Cruzeiro, Rodriguinho chegou ao time mineiro graças ao auxílio do patrocínio master do clube, que desembolsou 4 milhões de dólares na negociação do atleta.O Cruzeiro paga com publicidades e exposições extras ao patrocinador, esse modelo de pagamento é semelhante ao que o Palmeiras faz com seus patrocinadores.

Os nomes acima mostram que ainda existe o investimento dos patrocinadores dentro das contratações dos clubes. No entanto, há todo um planejamento, pelo menos neste caso para que isso tenha acontecido. Fato é que o São Paulo terá que correr contra o tempo para conseguir arcar com as suas despesas e fechar definitivamente com os patrocinadores para ajudar nos altos vencimentos do seu novo craque e camisa 10.

São Paulo, Daniel, Tricolor, Marketing

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos do Palmeiras da temporada

VEJA: CASO DANI ALVES: São Paulo peca em transparência, é rejeitado por parceiros e luta para não atrasar direitos de imagens

LEIA TAMBÉM: Sem Hernanes, São Paulo pode ter volta de Antony aos titulares contra o Goiás e Dani Alves como meia

LEIA TAMBÉM: SPFC abre venda geral de ingressos para jogo contra o Goiás

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!

Fonte

Redação SP

Adicionar Comentário

Clique aqui para enviar um comentário