TORCIDA

Dezenas de infectados e drive-thru: clubes de SP retomam atividades

Dezenas de infectados e drive-thru: clubes de SP retomam atividades
Atletas do Palmeiras se dividirão nos três campos do CT da Barra Funda - SEP/Divulgação Publicidade Ainda longe da bola, os principais clubes do futebol paulista aos poucos vão retomando suas atividades, com uma bateria de exames a serem realizados para cumprir os protocolos em meio à pandemia de coronavírus. Corinthians e Palmeiras já anunciaram o…
Atletas do Palmeiras se dividirão nos três campos do CT da Barra Funda – SEP/Divulgação

Publicidade

Ainda longe da bola, os principais clubes do futebol paulista aos poucos vão retomando suas atividades, com uma bateria de exames a serem realizados para cumprir os protocolos em meio à pandemia de coronavírus. Corinthians e Palmeiras já anunciaram o resultado dos testes iniciais, com dados alarmantes; São Paulo e Santos ainda não têm números oficiais. Todos os quatro grandes já testaram seus atletas e iniciam a reabertura dos centros de treinamento neste semana.

ASSINE VEJA

Acharam o Queiroz. E perto demais Leia nesta edição: como a prisão do ex-policial pode afetar o destino do governo Bolsonaro e, na cobertura sobre Covid-19, a estabilização do número de mortes no Brasil

Clique e Assine

Na semana passada, o governador João Doria surpreendeu – e irritou – os cartolas paulitas ao anunciar que as atividades só poderiam ser retomadas a partir de 1º de julho. No dia 19, no entanto, o chefe do Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo, Carlos Carvalho, atendeu aos pedidos da Federação Paulista de Futebol (FPF) e autorizou que os clubes da Série A1 do Paulistão 2020 sejam submetidos a exames e testes físicos, como os de pré-temporada.

No sábado 20, o Corinthians anunciou que realizou testes em 190 funcionários e que oito atletas do elenco profissional estão infectados pela Covid-19. Todos estão assintomáticos e serão colocados em quarentena, afastados do inicio das atividades. Além deles, outros 13 jogadores já foram contaminados anteriormente e estão recuperados – ou seja, dos 27 atletas do elenco, apenas seis não tiveram nenhum contato com o vírus. Os infectados não tiveram seus nomes revelados.

Nesta segunda, o centro de treinamento Joaquim Grava será reaberto após mais de três meses. Os atletas devem ir até o local buscar seus equipamentos de proteção individual (EPIs) e devem iniciar os testes físicos na terça.

Continua após a publicidade

No Palmeiras, os efeitos fora menores: apenas um atleta testou positivo e outros três foram infectados, mas já estão recuperados. Entre dirigentes, membros da comissão técnica e do Núcleo de Saúde e Performance, apenas um de 26 testes deu positivo e o profissional já está recuperado, de acordo com nota oficial do clube. Anteriormente, outros 73 funcionários da Academia de Futebol foram testados, com seis casos positivos (três afastados e três recuperados). 

Nesta segunda-feira, 22, os jogadores do Palmeiras vão até o centro de treinamento no bairro da Barra Funda pela primeira vez desde 13 de março. A passagem, porém, será bem rápida: os funcionários farão nova testagem em sistema de drive-thru, sem a necessidade de saírem de seus veículos. Em seguida, devem retornas às suas casas e aguardar o resultado, que deve sair em até 24 horas.

A partir de terça, o elenco alviverde realizará atividades físicas individualizadas e ao ar livre. Os 30 jogadores serão divididos em duas turmas, que se apresentarão em períodos alternados e serão subdivididas em três grupos de cinco atletas, utilizando simultaneamente os três campos do CT. São Paulo e Santos também já realizaram exames em seus jogadores, mas ainda aguardam os resultados. O clube do litoral realizou a descontaminação do CT Rei Pelé, onde os atletas devem realizar os primeiros testes físicos a partir de terça.

Saiba logo no início da manhã as notícias mais importantes sobre a pandemia do coronavirus e seus desdobramentos. Inscreva-se aqui para receber a nossa newsletter

Cadastro efetuado com sucesso!

Você receberá nossas newsletters pela manhã de segunda a sexta-feira.

Não há data definida para a retomada do Campeonato Paulista – os dirigentes mais otimistas apostam entre a segunda e a terceira semana de julho. Restam duas rodadas para o final da primeira fase, que tinha o Santo André como clube de melhor campanha até a parada em 16 de março, e mais quatro jogos das fases finais. De acordo com o protocolo apresentado pela FPF e pelos clubes, quando a bola voltar a rolar, as equipes devem permanecer alojadas em um mesmo local, até o fim de suas campanhas. Os jogos certamente serão realizados sem torcida, como já ocorre em campeonatos europeus.

Fonte

Redação SP

Adicionar Comentário

Clique aqui para enviar um comentário