TORCIDA

Douglas diz o que o time ‘não soube aproveitar’ as chances

Douglas também falou sobre a dificuldade de jogar no gramado sintético da Arena da Baixada Após mais uma derrota fora de casa sofrida, o Bahia já contabiliza seis jogos sem triunfo longe do seu mando de campo. O último conquistado ocorreu no dia 27 de março, diante do Atlético de Alagoinhas por 2 a 0. No desembarque…
Douglas também falou sobre a dificuldade de jogar no gramado sintético da Arena da Baixada

Após mais uma derrota fora de casa sofrida, o Bahia já contabiliza seis jogos sem triunfo longe do seu mando de campo. O último conquistado ocorreu no dia 27 de março, diante do Atlético de Alagoinhas por 2 a 0. No desembarque do Esquadrão a Salvador nesta segunda, 13, o goleiro Douglas Friendrich comentou sobre a necessidade de reencontrar o caminho da vitória longe de sua torcida.

“É evidente que dentro do nosso planejamento para esse a gente precisa triunfar longe de casa. Precisamos conseguir desempenhar nosso futebol, mostrar nosso potencial e pontuar fora. Acho que novamente não fizemos uma partida ruim, tivemos chances, mas jogamos com um time que possui um retrospecto como mandante muito positivo. Isso não é uma desculpa, é um fato. Estivemos próximos de conseguir o resultado, mas estamos jogando uma competição de altíssimo nível, onde os mínimos detalhes são cruciais para o resultado final. Voltamos triste, pois o sentimento é de que o resultado poderia ter sido melhor”, declarou o arqueiro.

Douglas também falou sobre a dificuldade que as equipes que vão à Arena da Baixada têm em se adaptar ao gramado sintético. “O gramado não é desculpa. Lógico que você sente a diferença. Nós não estamos adaptados ao campo sintético, mas o jogo é muito mais do que isso. Se vencêssemos, a desculpa não seria essa. Claro que é um fator que contribui, mas também tivemos uma semana cheia. Não podemos tirar o mérito do Athletico dentro de sua casa, eles têm muita qualidade. Em alguns momentos, não soubemos aproveitar as oportunidades e esperávamos mais do time lá em Curitiba”, afirmou.

Para a partida diante do São Paulo, o treinador Roger Machado ganhou uma baixa. Punido pelo terceiro cartão amarelo, o lateral-direito Nino Paraíba desfalcará a equipe para o duelo de domingo, 19. Esse será a oportunidade para Ezequiel, contratado recentemente pelo clube, estrear em campo com as cores do Esquadrão.

“O Ezequiel chegou há poucas semanas, mas tem se dedicado muito nos treinamentos. É bom ter mais de um atleta de alto nível na posição, pois estamos em uma sequência dura de jogos. Para nós, dá uma tranquilidade quando sai um atleta como o Nino, que vem fazendo grandes partidas, e entra um atleta experiente, que vai dar conta do recado para essa partida diante do São Paulo”, concluiu Douglas.

*So a supervisão do editor Nelson Luis

Fonte