CARLOS AUGUSTO

Fazendo o caminho inverso, Juanfran aconselha jovens brasileiros

Fazendo o caminho inverso, Juanfran aconselha jovens brasileiros
Juanfran analisou a situação das promessas do Brasil (Foto: Lorenzo Meyer/Gazeta Press) A saída de jovens à Europa tem sido uma constante do futebol brasileiro nos últimos tempos. Aos 34 anos, Juanfran fez o caminho inverso. Revelado pelo Real Madrid, o lateral-direito rodou por clubes menores da Espanha, se destacou e acabou indo para o…

Juanfran analisou a situação das promessas do Brasil (Foto: Lorenzo Meyer/Gazeta Press)

A saída de jovens à Europa tem sido uma constante do futebol brasileiro nos últimos tempos. Aos 34 anos, Juanfran fez o caminho inverso. Revelado pelo Real Madrid, o lateral-direito rodou por clubes menores da Espanha, se destacou e acabou indo para o Atlético de Madrid, onde se tornou ídolo ao conquistar o Nacional e duas edições da Liga Europa.

Agora, o espanhol se aventura pela primeira vez fora do Velho Continente, e o destino escolhido foi o Brasil, especificamente o São Paulo. Com bagagem de 15 anos na principal liga da Espanha, o defensor dá dicas para os garotos brasileiros que pretendem atuar na Europa.

“Os jovens, tanto meninas quanto meninos, que desejam jogar na Europa primeiro precisam trabalhar muito aqui no Brasil. Há muitos jogadores brasileiros que são muito bons e necessitam de mais tempo aqui para jogar na Europa, porque lá o futebol é jogado de forma diferente”, disse.

O enredo é vivido por alguns companheiros de Tricolor Paulista, como Liziero, Antony e Luan. Os três somam atuações na equipe titular e já foram especulados em alguns clubes europeus. A intenção do São Paulo, encabeçada pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, é mantê-los ao menos até o final do ano.

“Agora que eu estou aqui espero que muitos jogadores do São Paulo, depois de conquistar vários triunfos e títulos aqui no clube, possam jogar na Europa, no Atlético de Madrid. Eu recomendarei aos jogadores do São Paulo atuar no Atlético de Madrid”, analisou Juanfran.

*Especial para a Gazeta Esportiva


Gazeta Esportiva

Fonte