BRASILEIRÃO

Flamengo é campeão brasileiro mesmo com derrota para o São Paulo

Flamengo é campeão brasileiro mesmo com derrota para o São Paulo
O Flamengo é campeão brasileiro pela oitava vez na história. Mesmo derrotado por 2 a 1 para o São Paulo, no Morumbi, o Rubro-negro contou com o empate do Internacional contra o Corinthians para levantar a taça de campeão nacional pela segunda vez consecutiva.Em uma reta final de campeonato emocionante, o Flamengo assumiu a liderança…

O Flamengo é campeão brasileiro pela oitava vez na história. Mesmo derrotado por 2 a 1 para o São Paulo, no Morumbi, o Rubro-negro contou com o empate do Internacional contra o Corinthians para levantar a taça de campeão nacional pela segunda vez consecutiva.

Em uma reta final de campeonato emocionante, o Flamengo assumiu a liderança do Brasileirão na penúltima rodada, após vencer o Internacional em uma “final antecipada”. Uma vitória contra o São Paulo nesta quinta (25) garantiria o título sem sustos, mas a taça veio com emoção. O Tricolor paulista venceu por 2 a 1 com gols de Luciano e Pablo; Bruno Henrique descontou para o Rubro-negro.

O resultado no Morumbi dava ao Internacional a chance de retomar a liderança e ser campeão, bastava uma vitória simples contra o Corinthians no Beira-Rio, mas o esforço não foi suficiente e o placar de zero a zero deu o título ao Flamengo.

Em uma temporada de altos e baixos do Rubro-negro, após a campanha histórica de 2019, coube ao treinador Rogério Ceni – ídolo do São Paulo – comandar o Flamengo na festa do título no Morumbi, exatamente contra o time em que ele fez história. É o primeiro título nacional como treinador do ex-goleiro.

O Flamengo terminou o campeonato com 71 pontos, um a mais que o Internacional. Atlético-MG e São Paulo fecham o G-4 com vagas diretas para a Libertadores, que tem também o Palmeiras pelo título continental.

Enquanto o Flamengo comemorava o título, o rival Vasco era oficialmente rebaixado. A última rodada do Brasileirão 2020 confirmou a queda do Vasco, que desce para a Série B ao lado de Goiás, Coritiba e Botafogo.

Fonte