TORCIDA

Governo de São Paulo mantém veto a torcedores nos estádios de futebol

Governo de São Paulo mantém veto a torcedores nos estádios de futebol
Mesmo após a autorização do Ministério da Saúde, os torcedores do Corinthians não devem voltar tão cedo aos jogos na Neo Química Arena. Nesta quarta-feira, afinal, o Governo de São Paulo proibiu a reabertura dos portões dos estádios no estado.A decisão foi confirmada por José Medina, coordenador do Centro de Contingência após reunião com representantes…

Mesmo após a autorização do Ministério da Saúde, os torcedores do Corinthians não devem voltar tão cedo aos jogos na Neo Química Arena. Nesta quarta-feira, afinal, o Governo de São Paulo proibiu a reabertura dos portões dos estádios no estado.

A decisão foi confirmada por José Medina, coordenador do Centro de Contingência após reunião com representantes do governo, incluindo o próprio governador João Dória.

“Nós fizemos uma reunião com o comitê de contingencia ontem (terça) e ele concluiu que o cenário atual da pandemia no Estado de São Paulo não permite a retomada de público em eventos associados a grandes aglomerações como as partidas de futebol de qualquer categoria”, afirmou, em entrevista coletiva.

A justificativa foi a de que um jogo de futebol envolve mais do que o momento dentro do estádio, aumentando os riscos com deslocamento, policiamento e até viagem de torcedores de fora da cidade. Por isso, até mesmo a ideia de abrir o estádio para 30% de sua capacidade foi inicialmente vetada.

O Ministério da Saúde, cabe destacar, aceitou a proposta de volta do público da CBF com a condição de que estados e municípios desenvolvam protocolos para conter os riscos de contaminação.

Com a negativa do estado de São Paulo, a liberação tende a ter mais dificuldades para sair do papel – Andrés Sanchez ameaçou não entrar em campo se a liberação ocorrer apenas em alguns estados e não em todos.

Veja mais em:
Neo Química Arena e Pandemia do coronavírus.

Fonte