MORUMBI

Há 18 anos, São Paulo conquistava a única edição do Supercampeonato Paulista

Adriano (2), Reinaldo e Sandro Hiroshi marcaram para o São Paulo na final Há 18 anos, o São Paulo conquistava um título inédito em sua história. No dia 30 de maio de 2002, o Tricolor Paulista, comandado pelo técnico Oswaldo de Oliveira, venceu o Ituano por 4 a 1, no Estádio do Morumbi, e se…

Adriano (2), Reinaldo e Sandro Hiroshi marcaram para o São Paulo na final

Há 18 anos, o São Paulo conquistava um título inédito em sua história. No dia 30 de maio de 2002, o Tricolor Paulista, comandado pelo técnico Oswaldo de Oliveira, venceu o Ituano por 4 a 1, no Estádio do Morumbi, e se sagrou campeão do Supercampeonato Paulista, realizado apenas uma vez.

O torneio foi organizado pela Federação Paulista de Futebol (FPF), com quatro participantes: o clube de Itu, campeão do Paulistão daquele ano, e as três melhores equipes paulistas no Torneio Rio-São Paulo do ano anterior. A competição tinha o intuito de evitar o desgaste dos grandes times do estado com a disputa do Campeonato Paulista.

O São Paulo deixou o Palmeiras para trás na semifinal, com uma vitória por 2 a 0 e um empate por 2 a 2. Já o Ituano eliminou o Corinthians com uma vitória por 2 a 0 e uma derrota por 3 a 2.

No primeiro jogo da final, no Estádio Novelli Júnior, em Itu, as duas equipes ficaram no empate em 2 a 2. Fernando Gaúcho e Basílio abriram dois gols de vantagem para os donos da casa, porém Reinaldo e Julio Baptista deixaram tudo igual no segundo tempo.

Já na partida decisiva, no Morumbi, o Tricolor abriu 2 a 0 na primeira etapa, com dois gols de Adriano em cobranças de falta. Aos 21 minutos, Reinaldo bateu de primeira, da entrada área, e fez o terceiro. Pouco depois, Sandro Hiroshi completou a goleada são-paulina. Basílio ainda diminiu para o Ituano, mas não foi o suficiente para evitar o título dos adversários.


Gazeta Esportiva

Fonte