TORCIDA

Hoje tem gol de videogame: Flamengo coleciona pinturas e gamers aprovam

Hoje tem gol de videogame: Flamengo coleciona pinturas e gamers aprovam
A última vez em que Jorge Jesus comentou sobre videogame no Flamengo foi após a classificação diante do Emelec, na Libertadores, quando disse que para manter a intensidade, só no PlayStation. De lá para cá, o time evoluiu , e agora faz é gol de videogame. No estádio Mané Garrincha, Reinier marcou uma pintura com…

A última vez em que Jorge Jesus comentou sobre videogame no Flamengo foi após a classificação diante do Emelec, na Libertadores, quando disse que para manter a intensidade, só no PlayStation. De lá para cá, o time evoluiu , e agora faz é gol de videogame.

No estádio Mané Garrincha, Reinier marcou uma pintura com auxílio de luxo de Gabigol, para coroar a vitória por 3 a 0, que deixou a equipe mais líder do Brasileiro.

A dinâmica do ataque rubro-negro tem se notabilizado pela troca de passes que lembra os jogos no mundo digital. Quem vive essa realidade virtual, atesta.

— Gols com tabelas, em que o atacante só empurra para dentro do gol… Ainda mais por sair de uma tabela com passe pelo alto. Isso é muito utilizado nos jogos — comenta Ebinho, atleta de e-sport do Wolverhampton, da Inglaterra.

No videogame, há um comando específico para o passe por cima de Gabigol para Reinier: L1 + botão do chute. As características do gol se repetiram, por exemplo, no primeiro gol sobre o Palmeiras, marcado por Gabigol, após troca de passes rápida e de primeira com Arrascaeta e Bruno Henrique. Outra situação comum nos consoles são gols de contra-ataque, como o de Gabigol contra o Inter, pela Libertadores.

— Ele recebe a bola rolada e empurra para o gol. Acontece muito — explica Rafifa, também atleta da modalidade, jogador do PSG, da França.

Os especialistas atestaram também o gol de bicicleta de Arrascaeta contra o Ceará como típico do jogo.

— Acontece mais no video- game do que na vida real — afirma o jogador Ebinho.

As belas atuações do Flamengo estão longe da realidade virtual. Mas o bom futebol jogado muitas vezes parece uma combinação de comandos em um controle portátil.

O Flamengo terá força máxima e casa cheia no sábado, no Maracanã, diante do Santos, pela última rodada do primeiro turno. Se vencer, o rubro-negro ampliará para cinco pontos a diferença para clube santista e aumentará suas chances de conquistar mais uma vez o Campeonato Brasileiro, algo que não acontece desde 2009.

Para o duelo, o Flamengo terá o retorno de Bruno Henrique e Arrascaeta, que estão convocados, e de Rodrigo Caio, que estava suspenso. Com isso, terá força total para manter a liderança sobre o rival, além do apoio da torcida. Já foram vendidos 50.508 ingressos para a partida no Maracanã. Os setores Leste Inferior, Leste Superior e Leste Mais estão esgotados, além do Norte e Sul.

A liderança isolada do Brasileiro deixa o Flamengo perto do título simbólico do primeiro turno. Com 39 pontos, o time comandado pelo português Jorge Jesus abriu dois de vantagem para o Santos. Os rubro-negros mais otimistas comemoram também a projeção mais recente — ainda que com todo um segundo turno pela frente — do matemático Tristão Garcia, do site “Infobola”. Segundo ele, o Flamengo aparece com 60% de chance matemática de ser campeão brasileiro.

O Santos aparece em segundo, com 20% de chance, seguido de Palmeiras com 12%. Corinthians, São Paulo e Bahia têm 2%. O Internacional e o Atlético-MG fecham o G7 com 1% de possibilidade de ganharem a competição.

Ontem, o Flamengo passou dos 123 mil inscritos e quebrou o seu recorde de sócios-torcedores no programa “Nação Rubro-Negra”. Antes, a melhor marca do clube havia sido em dezembro de 2017, quando atingiu 122 mil na época da final da Copa Sul-Americana.

De acordo com o “torcedômetro” do “Movimento Por Um Futebol Melhor”, o rubro-negro estaria atrás de outros cinco clubes brasileiros no ranking de sócios-torcedores. Em atualização de maio do site, o Inter aparecia com 207.884, seguido por São Paulo com 160.575; Grêmio com 154.858; Palmeiras com 130.210 e Atlético-MG com 124.654.

O programa “Nação Rubro-Negra” foi lançado em 2013 e atualmente oferece oito opções de planos. Nos dois demonstrativos financeiros trimestrais que divulgou em 2019, de janeiro até junho, o Flamengo apontou ganhos de R$ 22,8 milhões.

Fonte