BRASILEIRÃO

Início de Brasileirão | Sem vencer time de Série A, Palmeiras busca afinar seu jogo

Início de Brasileirão | Sem vencer time de Série A, Palmeiras busca afinar seu jogo
O título paulista do Palmeiras conquistado nos pênaltis diante do arquirrival Corinthians, no último domingo, no Allianz Parque, será a única conquista do time de Vanderlei Luxemburgo na temporada, já que as demais competições (Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores) só terminam em 2021.Agora, o Palmeiras inicia o Brasileirão contra o Fluminense nesta…

O título paulista do Palmeiras conquistado nos pênaltis diante do arquirrival Corinthians, no último domingo, no Allianz Parque, será a única conquista do time de Vanderlei Luxemburgo na temporada, já que as demais competições (Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores) só terminam em 2021.

Agora, o Palmeiras inicia o Brasileirão contra o Fluminense nesta quarta-feira, fora de casa, com o desafio de mostrar um futebol mais convincente e que pode ser competitivo contra os times mais forte, como Flamengo, Atlético-MG, entre outros, para levantar troféus mais expressivos no próximo ano.

Isso porque em 2020 o Palmeiras ainda não venceu nenhum time de Série A do país. No Campeonato Paulista, o Palmeiras enfrentou Santos, São Paulo, Red Bull Bragantino, além do Corinthians três vezes, mas não venceu nenhuma partida.

Foram quatro empates e duas derrotas. O resultado mais expressivo contra equipe da Série A ocorreu na vitória nos pênaltis contra o Corinthians na final do Paulista e que garantiu o título estadual.

Para encarar os grandes, Vanderlei Luxemburgo ainda trabalha para deixar o seu time mais perigoso, principalmente, jogando com a bola. Na decisão do Paulista, inclusive, Luxemburgo arriscou novidades com a entrada de Zé Rafael.

Além disso, o treinador alternou Willian e Rony pelos lados do campo nos dois jogos da final do Paulista. Luxemburgo espera deixar o time mais ofensivo, mas sem deixar a defesa vulnerável. Por conta disso, o time não criou tantas jogadas de perigo na final do Paulistão.

“As pessoas analisam um jogo e não o geral. O Palmeiras teve a defesa menos vazada, a equipe que mais finaliza e números importantes. Era impossível jogar tecnicamente muito bem. Às vezes, você quer colocar o time ofensivo, mas deixa ele vulnerável. Temos de ter a sabedoria de fechar mais e fazer as mudanças ao longo do jogo. Foi o que aconteceu hoje e no jogo passado, deixando o time mais leve durante o decorrer do jogo”, disse Luxemburgo.

Fonte