CARLOS AUGUSTO

Irã poderá triplicar exportação de ureia para o Brasil, diz ministério

Irã poderá triplicar exportação de ureia para o Brasil, diz ministério
SÃO PAULO (Reuters) – A National Petrochemical Company (NPC, na sigla em inglês), empresa responsável pelo desenvolvimento e funcionamento do setor petroquímico iraniano, afirmou que o Irã poderá triplicar as exportações de ureia para o Brasil, disse o Ministério da Agricultura brasileiro em nota nesta sexta-feira. Segundo o comunicado, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina,…

SÃO PAULO (Reuters) – A National Petrochemical Company (NPC, na sigla em inglês), empresa responsável pelo desenvolvimento e funcionamento do setor petroquímico iraniano, afirmou que o Irã poderá triplicar as exportações de ureia para o Brasil, disse o Ministério da Agricultura brasileiro em nota nesta sexta-feira.

Segundo o comunicado, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, se reuniu com o presidente da companhia, Morteza Shah-Mirzaei, e a expectativa do executivo é que as exportações de ureia para o Brasil poderão chegar a 2 milhões de toneladas ao ano. Atualmente, o montante exportado é de 600 mil toneladas por ano.

“Essa garantia de que teremos um volume maior para importar do Irã será muito bom para a agricultura brasileira. A agricultura brasileira precisa cada vez mais de fertilizantes. Em parceria com o Irã, asseguraremos a compra estratégica desses insumos”, disse a ministra.

A ureia é o fertilizante mais utilizado na agricultura mundial para fornecer nitrogênio para as plantas.

Por outro lado, o Brasil pode aumentar a aquisição de produtos que já importa do Irã, como nozes, castanhas e frutas secas, além de adquirir outros gêneros como o açafrão e o trigo produzido no Irã, acrescentou o ministério.

(Por Nayara Figueiredo)











Fonte