BRASILEIRÃO

Jovem planeja ataque a escola em redes sociais e é preso em São Paulo

Jovem planeja ataque a escola em redes sociais e é preso em São Paulo
Foto: PixaBay. Um jovem, 19, foi preso na manhã desta segunda-feira (10), acusado de planejar atacar alunos de uma escola, no bairro Americanópolis, na zona sul de São Paulo. A estratégia do homem foi detectada por um sistema de inteligência da Polícia Civil, que flagrou o suspeito, no Capão Redondo, na mesma região onde ocorreria…
Foto: PixaBay.

Um jovem, 19, foi preso na manhã desta segunda-feira (10), acusado de planejar atacar alunos de uma escola, no bairro Americanópolis, na zona sul de São Paulo. A estratégia do homem foi detectada por um sistema de inteligência da Polícia Civil, que flagrou o suspeito, no Capão Redondo, na mesma região onde ocorreria o crime.

Os agentes conseguiram flagrar trocas de mensagens entre o autor e integrantes de um grupo de rede social, por meio de Setores de Inteligência do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), que receberam informações privilegiadas sobre o crime. 

Com os conteúdos dos textos, a equipe conseguiu a quebra de sigilo, o que contribuiu para coleta de mais provas que foram remetidas à Justiça. As trocas de informações auxiliaram os policiais da 1ª Delegacia da Divisão de Crimes Cibernéticos (DCCiber).

Massacre 

A partir das informações, os investigadores conseguiram mandados de busca e apreensão e de prisão contra o rapaz, que foi encontrado na casa de um tio, no bairro Capão Redondo, também na zona sul da capital. Com ele foi apreendido o celular que ele usava para combinar a invasão.

No celular do suspeito, a polícia encontrou homenagens ao comandante do massacre de sete pessoas em uma escola estadual em Suzano, em março de 2019. O jovem usava a foto do assassino para ilustrar uma de suas redes sociais e criou um e-mail com o nome dele. 

O equipamento foi encaminhado ao Instituto de Criminalística (IC), responsável pela análise pericial. A Polícia Civil prossegue com as investigações para identificar e prender outros envolvidos no esquema criminoso.

Fonte