BRASILEIRÃO

Justiça condena Igreja Universal por obrigar pastor a fazer vasectomia

Justiça condena Igreja Universal por obrigar pastor a fazer vasectomia
Igreja Universal (Reprodução) A justiça de São Paulo condenou a Igreja Universal do Reino de Deus a pagar indenização a um pastor por danos morais, após obrigá-lo a fazer vasectomia, uma cirurgia que impede o homem de ter filhos. A decisão foi da 4ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) de…

Igreja Universal (Reprodução)

A justiça de São Paulo condenou a Igreja Universal do Reino de Deus a pagar indenização a um pastor por danos morais, após obrigá-lo a fazer vasectomia, uma cirurgia que impede o homem de ter filhos.

A decisão foi da 4ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) de São Paulo. Foi estipulada uma indenização de R$ 100 mil ao pastor, e o caso foi classificado como assédio moral.

De acordo com o depoimento de uma das testemunhas, todos os pastores da denominação de Edir Macedo são obrigados a realizar o procedimento, além disso, a igreja também obrigava os obreiros a assinarem um documento afirmando que fizeram a cirurgia por vontade própria.

Inicialmente, a 17ª Vara do Trabalho de São Paulo negou o pedido de indenização, pois não havia os documentos nos autos do processo. Porém, após recurso, a relatora do caso no TRT-2 afirmou que a mesma Corte já havia analisado um outro processo semelhante, que constava que a prática denunciada pelo pastor era recorrente na Universal.

Nesta época, uma das testemunhas do caso, que serviu de base para a atual condenação da Universal, revelou que, se um pastor da igreja tivesse filhos, era rebaixado do cargo eclesiástico ou mandado para o exterior.

Fonte