BRASILEIRÃO

Mancini minimiza ‘sequência ruim’ e prioriza resultados para tirar Corinthians do Z4 no Brasileirão

Mancini minimiza ‘sequência ruim’ e prioriza resultados para tirar Corinthians do Z4 no Brasileirão
Apresentado oficialmente na tarde desta terça-feira, Vagner Mancini recordou sua passagem pelo Athletico-PR, em 2013, para mostrar que ainda dá para o Corinthians almejar coisas grandes na atual edição do Campeonato Brasileiro.Na sequência, o novo treinador do Timão falou em resgatar a confiança do elenco alvinegro e também minimizou a dificuldade dos próximos compromissos na…

Apresentado oficialmente na tarde desta terça-feira, Vagner Mancini recordou sua passagem pelo Athletico-PR, em 2013, para mostrar que ainda dá para o Corinthians almejar coisas grandes na atual edição do Campeonato Brasileiro.

Na sequência, o novo treinador do Timão falou em resgatar a confiança do elenco alvinegro e também minimizou a dificuldade dos próximos compromissos na competição, contra Athletico, Flamengo, Vasco e Internacional.

“É uma satisfação estar aqui vestindo essa camisa, com todo esse peso e essa história. Vejo muita semelhança com aquele ano de 2013, minha chegada ao Corinthians. O Athletico vivia situação semelhante. Tivemos uma arrancada muito boa, acabamos chegando à Libertadores e à final da Copa do Brasil. O pensamento é exatamente esse. Quando você encontra pessoas capazes e dispostas a fazer o que tem que ser feito, as coisas tem tudo para andar. Tenho minhas convicções, acredito muito nelas e com certeza vou usá-las nesse processo“, disse.

“Como fazer para a equipe voltar a vencer com uma sequência difícil? Todos são difíceis. Não consigo, mesmo que quisesse, olhar sequência de jogos mais fáceis ou difíceis. Todos merecem respeito e serão encarados da mesma forma. É assim que você se prepara para ser um vencedor. A partir do momento que você sabe do seu potencial e se prepara para ganhar. É uma tônica que tem que ser mostrada aos atletas. Temos atletas vencedores, não só no futebol, mas dentro do clube também. E eles sabem o que é necessário. Todos passam por situações ruins na vida e temos que ter hombridade de reconhecer isso. E o fato de reconhecer já te faz mais forte para levar para dentro de campo o que tem que ser feito. Reagrupar, realinhar para voltar a vencer. Dentro do nosso cenário, esses jogos difíceis que teremos em sequência com certeza também serão difíceis para nossos adversários”, acrescentou.

Questionado sobre como tirar times grandes da zona de rebaixamento, Vagner Mancini destacou a importância de resultados imediatos antes de pensar num estilo mais vistoso.

“Não tenha dúvida que a partir do momento que um gigante entra em situação desconfortável, ele sente. Sente por que isso de certa forma abala o emocional de todos os envolvidos. Mas é uma grande oportunidade de mostrar que há reação, que todos tem seu valor. E isso com certeza será feito. Não tenho dúvida que vamos reagir o mais rápido possível. Ajustes serão feitos, porque são necessários, mas é importante dizer que acreditar em todos que estão aqui faz parte do processo. Sobre o futebol vistoso, ganhar jogos é o mais importante. Você ter conquistas é mais importante do que mostrar algo que não seja sua cara. A cara do Corinthians são vitórias suadas, conquistadas em um comportamento que agrada o torcedor. A cultura é essa. Tudo que eu puder fazer para ir de encontro aquilo que diretoria, torcedor e os próprios atletas gostam, eu vou fazer. Eu quero que o Corinthians ganhe, conquiste, porque isso torna o clube cada vez maior. Que fique bem claro que esse futebol vistoso não quer dizer plástico, quer dizer de entrega, de alma, de botar dentro de campo o que o corinthiano quer ver”, analisou.

Por fim, Mancini disse que ainda não pensa em reforços para o Corinthians e voltou a falar em resgatar a confiança dos jogadores para obter uma melhora rápida no Brasileirão. Atualmente, cabe lembrar, o Timão se encontra na 17ª posição, com 15 pontos somados.

“Ainda não deu tempo de falar sobre tudo, analisar o elenco. Tenho menos de 24 horas no clube. Mas com calma, vamos sentar, analisar, ver o que o mercado oferece. O mais importante é recuperar a autoestima do time e o nível que essa equipe pode ter. Temos jogadores vencedores dentro do próprio clube. É importante ver que você tem o que tirar. Preocupante é ter uma equipe que você precisa torcer todos os dias para que eles joguem bem. Temos jogadores que conseguem ter reações diferentes em cada partida. Um dia técnica, outro dia se sacrificando pela equipe e tudo isso embutido no aspecto emocional. Vejo muitas possibilidades da gente alcançar alguma coisa no campeonato, porque seria significativo para todos nós. Tem muita coisa para ser jogada, campeonato está equilibrado demais. Acho e penso que temos que focar em todas as partidas, porque uma somatória seguida de pontos vai nos levar em outra posição e aí você começa a pensar diferente na competição”, concluiu.

Veja mais em:
Vagner Mancini e Campeonato Brasileiro.

Fonte