CARLOS AUGUSTO

Menino autista desaparece e é encontrado com sinais de tortura em SP

Menino autista desaparece e é encontrado com sinais de tortura em SP
Na noite do último domingo (14), Pablo, um menino autista de apenas oito anos, desapareceu em Sorocaba, no interior de São Paulo. Ele foi encontrado durante a madruga de segunda-feira (15), bastante desorientado e com marcas de agressão pelo corpo. Foram notados ferimentos na boca e cabeça do jovem. Um pedaço de uma das orelhas…

Na noite do último domingo (14), Pablo, um menino autista de apenas oito anos, desapareceu em Sorocaba, no interior de São Paulo. Ele foi encontrado durante a madruga de segunda-feira (15), bastante desorientado e com marcas de agressão pelo corpo. Foram notados ferimentos na boca e cabeça do jovem. Um pedaço de uma das orelhas de Pablo havia sido arrancado com um alicate. Devido às marcas no corpo, a família do menino acredita que ele foi torturado.

O caso

O 4º Distrito Policial do município, responsável pelas investigações do crime, registrou o caso como lesão corporal grave.

De acordo com nota da Secretaria de Segurança Pública do estado, existem dois suspeitos de ter cometido ou estarem envolvidos no crime contra o menor. Os suspeitos, uma mulher de 59 anos e um homem de 57, ainda não foram identificados.

Irmã da vítima

Em entrevista ao telejornal “Tem Notícias”, da TV TEM, afiliada da Rede Globo na região, a irmã do menino disse que ele foi torturado.”Se quisessem matar ele, matavam, porque ele é uma criança e fizeram para torturar mesmo”, disse ela, que ainda comentou que o irmão havia sido amarrado tanto nos braços como nas pernas.

Declarações do menino

Ainda segundo informações divulgadas pelo telejornal “Tem Notícias”, a criança relatou que parou na casa de vizinhos para arrumar uma câmara de segurança que estaria torta, quando foi abordado por um homem e pela mulher que o arrastaram para o interior do próprio imóvel e começaram a torturá-lo, afirmando que isso estava acontecendo para que ele aprendesse uma lição.

As torturas duraram cerca de seis horas. O menino definiu o casal de suspeitos como pessoas muito bravas.

Encontrado

Após ficar desaparecido por horas e ter sido torturado, o menino foi encontrado inconsciente em um matagal por um morador. Em seguida, ele foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que o encaminhou para o Conjunto Hospitalar da cidade.

O estado de Saúde da criança ainda não foi divulgado.

Mãe

Segundo informações, a criança teria saído de casa durante um momento de distração da mãe. O Conselho Tutelar avaliou o episódio como negligência da mãe do garoto e retirou provisoriamente dela a guarda do filho.

O casal de suspeitos foi ouvido na delegacia e liberado após negarem qualquer envolvimento no crime.

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Fonte