BRASILEIRÃO

Meninos ensinam o caminho do Vasco e acabam com série invicta do São Paulo

Planejar o futuro do Vasco exige olhar para o passado.Um clube que tem os três maiores goleadores da história do Brasileirão nascidos em São Januário (Roberto Dinamite, Romário e Edmundo) não precisa ficar à mercê de um mercado de jogadores que só indica medianos. Aos 17 anos, Talles Magno foi o craque da vitória por…

Planejar o futuro do Vasco exige olhar para o passado.

Um clube que tem os três maiores goleadores da história do Brasileirão nascidos em São Januário (Roberto Dinamite, Romário e Edmundo) não precisa ficar à mercê de um mercado de jogadores que só indica medianos.

Aos 17 anos, Talles Magno foi o craque da vitória por 2 x 0 do Vasco sobre o São Paulo. Jogou de ponta esquerda, posição diferente à que atuou na sua chegada ao time principal, como centroavante.

O atacante central foi Marrony, no meio de Arboleda e Anderson Martins.

Verdade que a vitória cruzmaltina teve a ver com a expulsão de Raniel, analisada por ex-árbitros, hoje comentaristas, como injusta. A este colunista, pareceu lance de cartão vermelho, pelo pé levantado à altura da cabeça. À parte a decisão arbitral, o São Paulo cresceu e criou chances depois da expulsão.

Daniel Alves passou a jogar como pivô, com Antony entrando em diagonal para tentar decidir.

No segundo tempo, a superioridade numérica do Vasco foi decisiva.

Talles Magno fez o primeiro gol. Depois, construiu grande jogada, finalizou, Tiago Volpi rebateu e, na seqüência, Danilo Barcelos cruzou para Felipe Bastos fazer 2 x 0.

O São Paulo para nos 30 pontos. Mas segue na briga pelo Brasileirão.

O Vasco anuncia sua vocação para morar no meio da tabela e ficar distante da briga contra o rebaixamento.

Fonte