BRASILEIRÃO

Milton Neves chora em programa e agradece homenagens à esposa: ‘Maior troféu que alguém já me deu’

Milton Neves chora em programa e agradece homenagens à esposa: ‘Maior troféu que alguém já me deu’
Jornalista falou da esposa, que morreu de câncer neste fim de semana, durante participação em programa na rádio 'Bandeirantes', nesta segunda-feira Ainda abalado com a morte da esposa, Milton Neves participou do quadro 'Pulo do Gato' na rádio 'Bandeirantes', na manhã desta segunda-feira. Emocionado, o jornalista chorou e agradeceu as homenagens para a esposa, Lenice…

Jornalista falou da esposa, que morreu de câncer neste fim de semana, durante participação em programa na rádio ‘Bandeirantes’, nesta segunda-feira

Ainda abalado com a morte da esposa, Milton Neves participou do quadro ‘Pulo do Gato’ na rádio ‘Bandeirantes’, na manhã desta segunda-feira. Emocionado, o jornalista chorou e agradeceu as homenagens para a esposa, Lenice Chame Magnoni Neves, que morreu vítima de câncer no pâncreas.

Lenice e Milton estiveram juntos por 52 anos (Foto: Arquivo Pessoal)

Foto: Lance!

– Ontem de madrugada fui a nocaute. Morreu minha única namorada, minha única noiva, minha única esposa de 1968 até agora em 2020. (…) Lenice Chame Magnoni Neves, fomos estreantes na arte da sorte, uma coincidência de um relacionamento muito raro, considerando 52 anos a fio – se declarou.

O jornalista ainda agradeceu as homenagens dos clubes durante a rodada do Brasileirão. No clássico entre São Paulo e Corinthians, as equipes fizeram um minuto de silêncio e o nome de Lenice apareceu no telão do Morumbi.

– Ela, que sempre foi discreta, muito discreta, anônima, teve o nome divulgado em todo Brasil, e jamais vou esquecer isso (…) ela, que nunca jogou nada teve o nome inteirinho estampado [no telão], um minuto de silêncio lá no Morumbi, como esquecer disso? Esse é o maior troféu que alguém já me deu na vida – concluiu.

Veja também:

Site inglês elege os maiores camisas 9 da Seleção Brasileira após Ronaldo

Fonte