CARLOS AUGUSTO

Motorista de aplicativo recebe multa de quase R$1 milhão por transportar animais silvestres em Araraquara

Motorista de aplicativo recebe multa de quase R$1 milhão por transportar animais silvestres em Araraquara
Foto: Divulgação / Polícia Ambiental Um homem foi flagrado por agentes das polícias Ambiental e Rodoviária transportando aves silvestres, nesta terça-feira (20), em Araraquara. Aos policiais, o suspeito disse ser motorista do aplicativo Uber e que foi contratado para levar os animais de Minas Gerais até a cidade de São Paulo. Devido ao flagrante, o…
Foto: Divulgação / Polícia Ambiental

Um homem foi flagrado por agentes das polícias Ambiental e Rodoviária transportando aves silvestres, nesta terça-feira (20), em Araraquara. Aos policiais, o suspeito disse ser motorista do aplicativo Uber e que foi contratado para levar os animais de Minas Gerais até a cidade de São Paulo. Devido ao flagrante, o indivíduo recebeu multas que somadas chegam a quase R$1 milhão. 

O suspeito, identificado como E.Q, dirigia um veículo Fiat Siena por uma rodovia de Araraquara, quando foi parado pela Polícia Rodoviária. No porta malas, agentes encontraram 211 pássaros preto, 11 canários da terra, três araras Canindé – sendo uma adulta e dois filhotes – e 19 filhotes de papagaios verdadeiros, todos em oito gaiolas e caixas, sem água ou comida. 

A Polícia Ambiental foi acionada e aos agentes do órgão E.Q afirmou ser motorista do aplicativo Uber e disse ter sido contratado por um outro indivíduo para buscar os animais, mas não identificou o contratante como o fornecedor das aves. Devido às condições de maus tratos na qual as aves estavam, além do transporte indevido de fauna silvestre nativa, o homem recebeu duas multas, uma no valor de R$135.500,00 e outra de R$732.000,00, com base nos artigos 25 e 29 da Resolução SIMA 05/21, que dispõe sobre as condutas infracionais ao meio ambiente.

Além disso, E.Q teve seu veículo apreendido na sede do 2º Pelotão da Polícia Militar de Araraquara. Já as aves foram reintroduzidas ao habitat, menos os filhotes de papagaios verdadeiros e de araras Canindé, as quais serão adequadamente destinados a órgãos de proteção. E as gaiolas do tipo transporte serão destruídas.

Nota da Uber

Não foi possível verificar o caso relatado pelo portal Thathi porque não foi fornecida à empresa qualquer informação sobre o indivíduo que permitisse identificá-lo para verificar se a ocorrência mencionada tem alguma relação com o aplicativo da Uber. De qualquer forma, a empresa se coloca à disposição para colaborar com as autoridades no curso das investigações.

Fonte