BRASILEIRÃO

Mulher acusa unidade do McDonald’s de ‘comunismo’ por ter implantado banheiro multigênero

Mulher acusa unidade do McDonald’s de ‘comunismo’ por ter implantado banheiro multigênero
Da Redação 13/11/21 - 16h53 - Atualizado em 13/11/21 - 17h02 Um vídeo que circulou nas redes sociais nesta última sexta-feira (12) mostra uma mulher, que ainda não teve a identidade revelada, acusando a unidade do McDonald’s da cidade de Bauru, no interior de São Paulo, de ser comunista por possuir um banheiro multigênero na…

Um vídeo que circulou nas redes sociais nesta última sexta-feira (12) mostra uma mulher, que ainda não teve a identidade revelada, acusando a unidade do McDonald’s da cidade de Bauru, no interior de São Paulo, de ser comunista por possuir um banheiro multigênero na loja. O assunto entrou para os Trending Topics do Twitter nesta sexta-feira.

O banheiro exibe a placa indicando que é de livre acesso para qualquer pessoa, o que indignou a mulher. “Eu não admito isso na minha cidade. Não quero usar banheiro com homem, sou contra isso. Eu não aceito. Quero que todos os vereadores de Bauru deem um jeito nisso. Cada cidade cuide da sua cidade, vigiem os banheiros públicos, de restaurantes. Quero que todos vigiem. É um absurdo. Criança usa o mesmo banheiro. É o comunismo na cidade de Bauru. Uma vergonha”, afirma no vídeo.

A reação das pessoas nas redes sociais envolveram críticas e, principalmente, piadas e memes, visto que o McDonald’s é considerado um dos grandes símbolos do capitalismo americano.

Os vereadores da cidade Eduardo Borgo (PSL) e Sérgio Pereira Brum (PDT) já haviam se manifestado contra o banheiro alguns dias antes e, após sessão de segunda-feira (8) da Câmara, decidiram ir até o local com o argumento de que moradores estariam reclamando. No local, eles gravaram vídeos e registraram fotos da porta do banheiro.

Em nota, o McDonald’s afirma ter como compromisso promover ambientes inclusivos e de respeito em seus restaurantes e, por isso, “adotou cabines individuais e de uso independente para que todas as pessoas se sintam bem-vindas e possam utilizá-las com conforto e privacidade”. Na nota, a empresa reforça que “está em contato com as autoridades locais para manter suas unidades de acordo com as orientações determinadas por elas”.

Confira:


Saiba mais

+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela ‘Carrossel’, aos 68 anos

+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional

+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo

+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante

+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol


+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação

+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet

+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021

+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011

+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica

+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano

+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais

Fonte