BRASILEIRÃO

Números e pitacos de primeira nesta segunda-feira

Números e pitacos de primeira nesta segunda-feira
POR ALMIR MOURA* 1.Aproveitamento de Mano Menezes, pelo Palmeiras, no Brasileirão: 77,1%O de Jorge Jesus pelo Flamengo: 87,0%Em números, aproveitamento também espetacular de Mano.Já o futebol…2. Números de Fernando Diniz como treinador da Série A do Campeonato Brasileiro: 27 jogos não ganhos em 37 possíveis.Ou seja, não vence 72,97% dos jogos.É como se a cada…

POR ALMIR MOURA*

1.Aproveitamento de Mano Menezes, pelo Palmeiras, no Brasileirão: 77,1%

O de Jorge Jesus pelo Flamengo: 87,0%

Em números, aproveitamento também espetacular de Mano.

Já o futebol…

2. Números de Fernando Diniz como treinador da Série A do Campeonato Brasileiro: 27 jogos não ganhos em 37 possíveis.

Ou seja, não vence 72,97% dos jogos.

É como se a cada 10 jogos do Diniz, em sete o torcedor saísse insatisfeito (derrota ou empate).

Merece uma séria reflexão. Ou não?

3. Número de vitórias nos clássicos paulistas em 2019:

Palmeiras apenas 3 vitórias em 11 jogos;

São Paulo, apenas 2 em 11 jogos;

O líder atual é o Corinthians com 51,3% (5V,5E,3D);

O Santos pode ultrapassá-lo, e chegar a 54,54% (5V,3E,3D) caso vença o tricolor no sábado.

O que – convenhamos – é bastante provável.

E que daria o título simbólico a Jorge Sampaoli de Rei dos clássicos paulistas no ano.

4. Manchester City e Palmeiras – atuais – o que têm em comum?

O Palmeiras não tem um Pep Guardiola como treinador, muito longe disso.

Mas, em algo lembra o City.

Muito dinheiro investido, e se for observar bem, não tem “craques” em todas as posições.

Vejamos as alas do time de Manchester.

E a zaga?!

Pois bem.

Guardiola segue sendo maravilhoso! Fora de série! Sensacional!

Isso ninguém duvida!

Mas, bem que poderia ter caprichado um pouco mais nas contratações…

Não é mesmo?

O Palmeiras de Alexandre Mattos?

Idem.

A ver como se irão se comportar em janeiro.

Às compras!

5. Lionel Messi…

Messi faz um gol a cada 68 minutos em campo, em La Liga, na atual temporada.

Vice-artilheiro e líder de assistência do Campeonato Espanhol.

Leva – literalmente – o Barcelona nas costas. Mais uma vez.

E já que o time não colabora mais com ele como antes, resolveu aprimorar as cobranças de faltas.

Para chegar ao requinte de fazer dois gols assim no último jogo.

Nota do autor: Os dados estatísticos acima foram retirados da conta de Twitter Oficial do ótimo jornalista Rodolfo Rodrigues – @rodolfo1975

*Almir Moura é amigo do blog, baiano de Rodelas, apaixonado por futebol e professor universitário nas “horas vagas” .

Fonte