BRASILEIRÃO

O DIA 23 DE JANEIRO NA HISTÓRIA

O DIA 23 DE JANEIRO NA HISTÓRIA
Por Lúcio Albuquerque – lucioac@gmail.com BOM DIA 23 DE JANEIRO COMEMORA-SE Dia Mundial da Liberdade. Dia Internacional da Medicina Integrativa. Católicos lembram Santo Idelfonso, Santa Emerenciana. Santo João Esmoler e Santa Mariane Cope. BRASIL 1901 – É fundado o instituto Butantã em São Paulo. 1941 – Nasce o escritor João Ubaldo Ribeiro, autor de Viva…

Por Lúcio Albuquerque – lucioac@gmail.com

BOM DIA 23 DE JANEIRO

COMEMORA-SE


Dia Mundial da Liberdade. Dia Internacional da Medicina Integrativa.

Católicos lembram Santo Idelfonso, Santa Emerenciana. Santo João Esmoler e Santa Mariane Cope.

BRASIL


1901 – É fundado o instituto Butantã em São Paulo.

1941 – Nasce o escritor João Ubaldo Ribeiro, autor de Viva o Povo Brasileiro e O Sorriso do Lagarto.

1997 – Entra em vigor a cobrança da CPMF nas movimentações bancárias no Brasil.

MUNDO


1556 – O terremoto mais mortal da história mata 830 mil pessoas na China.

1656 – Blaise Pascal publica a primeira de suas Lettres provinciales.

1907 – O senador Charles Cutis torna-se o primeiro índio americano eleito senador nos Estados Unidos.

1989 – Morre o pintor surrealista espanhol Salvador Dalí.

2003 – Morte no espaço: A sonda Pionner 10 manda o último sinal e desaparece.

FOTO DO DIA

A criação de Território Federal no Brasil ocorreu pela 1ª vez em 1904, quando o presidente Rodrigues Alves tornou o Acre um Território. Na segunda metade da década de 1930 comerciantes dos rios Guaporé e Mamoré cobraram ao presidente Getúlio Vargas fosse criado um Território com terras de Mato Grosso, desde Vila Bela da Santíssima Trindade a Santo Antonio, limite com o Estado do Amazonas), com a capital em Guajará-Mirim (MT). Em 1940 o presidente Getúlio Vargas veio a Porto Velho, e ficou 3 dias, com muitas chances de que, sob a alegação as sede da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, então a maior empresa da região estar em Porto Velho, o seu representante local, o capitão Aluízio Ferreira, diretor-geral da ferrovia, tê-lo convencido a criar o Território, mas incluindo Porto Velho bastando para isso juntar as terras do município amazonense às de Mato Grosso, o que Getúlio fez em 1943. (F. Praça do Trem, em Guajara-Mirim)

Fonte