TORCIDA

Palmeiras | Da crise à ameaça: Mano estreia em casa com clima já mais leve

Palmeiras | Da crise à ameaça: Mano estreia em casa com clima já mais leve
Mano Menezes tem hoje seu primeiro teste como técnico do Palmeiras diante da exigente torcida alviverde no Allianz Parque, a partir das 21h, contra o Fluminense. O encontro vai acontecer em momento um pouco mais amistoso: a vitória na estreia diante do Goiás, conseguindo uma virada que não aconteceu em mais de um ano sob…

Mano Menezes tem hoje seu primeiro teste como técnico do Palmeiras diante da exigente torcida alviverde no Allianz Parque, a partir das 21h, contra o Fluminense. O encontro vai acontecer em momento um pouco mais amistoso: a vitória na estreia diante do Goiás, conseguindo uma virada que não aconteceu em mais de um ano sob o comando de Luiz Felipe Scolari, foi o ingrediente perfeito para amenizar a crise que se instalou no clube antes de o novo treinador poder dirigir o Verdão em sua casa.

Se Mano sofreu com críticas e protestos antes mesmo de assumir o cargo após a demissão de Felipão, uma semana depois o cenário já parece diferente. Com ele no comando, o Palmeiras quebrou série de sete rodadas consecutivas sem vencer no Campeonato Brasileiro e subiu para o terceiro lugar. Uma vitória no jogo atrasado com o Flu já tornaria a equipe novamente em posição de ataque aos líderes: o time ficaria a um ponto do Santos, que tem 37, e a três do Flamengo, que tem 39.

O triunfo sobre o Goiás era visto como algo essencial nesse início de trabalho. Mano precisava evitar a qualquer custo um clima de antagonismo no Allianz Parque. O treinador, que apostou em mensagens nas redes sociais e em um discurso de união e empenho em sua apresentação, sabe que a melhor forma de cativar o torcedor será, mesmo, com resultados.

De quebra, ele também ensaia uma mudança no estilo da equipe – uma das maiores críticas de torcedores à sua contratação é que ele seria um técnico supostamente com modelo de jogo semelhante ao de Felipão. Contra o Goiás, incentivou o time a trocar passes pelo chão, apostou em Ramires em vez do mais defensivo Thiago Santos como substituto de Felipe Melo e ousou nas substituições, escalando até Lucas Lima como segundo volante.

Apesar de ter aprovado o desempenho na estreia, Mano será obrigado a fazer mudanças na equipe contra o Fluminense. Além do retorno de Felipe Melo de suspensão, o meia Zé Rafael está fora do jogo porque precisa completar 72 horas de repouso absoluto após sofrer uma concussão contra o Goiás. Além disso, no gol, Jailson pode dar lugar a Fernando Prass.

A boa estreia de Mano serviu até para acalmar o tom dos protestos que vinham rondando o Palmeiras. A principal torcida organizada do clube mantém uma guerra declarada contra o diretor de futebol Alexandre Mattos, mas deve amenizar as críticas ao elenco e ao treinador.

Com apenas um treino entre a estreia e o jogo de hoje, Mano ainda não conseguiu dar muito de sua cara ao time. Mas internamente já há comentários de como o Palmeiras tem procurado executar ideia diferente da que praticava com Felipão. O mais importante para o treinador, porém, é vencer: ganhar em casa significa, além de ajudar a espantar a crise, recolocar de vez o alviverde na briga pelo bicampeonato brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras x Fluminense

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data: 10 de setembro de 2019 (terça-feira)

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Palmeiras: Fernando Prass (Jailson); Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Willian e Luiz Adriano. Técnico: Mano Menezes

Fluminense: Muriel; Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Airton (Allan), Ganso e Nenê; Wellington Nem, Yony González e João Pedro. Técnico: Oswaldo de Oliveira

Fonte