MORUMBI

Pressionado, São Paulo tenta reabilitação contra o Bahia no Morumbi

O São Paulo enfrenta o Bahia nesta quinta-feira, no Morumbi, para aliviar a pressão. A equipe, o técnico Fernando Diniz e a diretoria têm sido alvos de protestos desde a eliminação pelo Mirassol nas quartas de final do Campeonato Paulista. As críticas aumentaram com a atuação apática na vitória por 1 a 0 sobre o…

O São Paulo enfrenta o Bahia nesta quinta-feira, no Morumbi, para aliviar a pressão. A equipe, o técnico Fernando Diniz e a diretoria têm sido alvos de protestos desde a eliminação pelo Mirassol nas quartas de final do Campeonato Paulista. As críticas aumentaram com a atuação apática na vitória por 1 a 0 sobre o Fortaleza e a derrota por 2 a 1 para o Vasco. O duelo é válido pela quarta rodada do Brasileirão. O jogo começa às 20h.

Uma nova manifestação está marcada para horas antes do jogo em frente ao portão principal do Morumbi, paesar dos pedidos de isolamento por causa da pandemia. Torcedores organizados protestaram no desembarque da delegação que voltou do Rio de Janeiro, no último domingo, e estenderam faixas no estádio na segunda-feira. Uma dos jogadores questionados já deixou o clube. Alexandre Pato pediu rescisão de contrato com o São Paulo na quarta e não veste mais a camisa do clube. Eles estava no banco depois de um recomeço ruim.

Em busca da reabilitação, o técnico Fernando Diniz poderá contar com o único reforço pedido por ele nesta temporada. O atacante Luciano foi anunciado na terça e já tem sua documentação regularizada com a CBF. Ele chegou ao São Paulo em troca envolvendo Everton, que foi para o Grêmio, de Renato Gaúcho. Everton jogava pouco com Diniz.

“Estou bem fisicamente. Se precisar, é claro que vou estar à disposição”, afirmou Luciano, que trabalhou com Fernando Diniz no Fluminense em 2019. “Todo mundo sabe que a gente deu certo. Espero que dê certo aqui também. Queremos sempre vencer, ganhar. Não vou dizer que vim para resolver o problema do time. Eu e os outros jogadores temos capacidade para fazer isso. Espero agregar ao grupo e ser feliz aqui”, disse o atacante.

Além do reforço, o meia Vitor Bueno pode voltar ao time. Ele está recuperado de edema na coxa esquerda. Na mesma situação enconta-se o meia Hernanes, que estava com lombalgia, mas já consegue atuar sem sentir dores. Hernanes também tem a situação indefinida no clube. Sua saída não é descartada por parte da diretoria.

Do lado do Bahia, o clima é totalmente diferente, nem mais tranquilo. Após conquistar o Campeonato Baiano e ser vice da Copa do Nordeste, o time venceu os dois jogos que realizou no Brasileirão. Apesar do momento distinto, o atacante Élber elogiou o São Paulo e alertou para os perigos do Bahia no Morumbi.

“É uma equipe muito qualificada. O nome São Paulo fala por si só, grande clube, um dos maiores do Brasil. Será um jogo difícil, a equipe vive momento complicado, mas estamos no começo do campeonato ainda. Temos de tomar cuidado, será um jogo difícil”, disse.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X BAHIA

São Paulo: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Liziero, Igor Gomes e Daniel Alves; Paulinho Boia (Vitor Bueno) e Pablo. Técnico: Fernando Diniz.

Bahia: Douglas, Nino Paraíba, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Ronaldo e Rodriguinho; Élber, Rossi e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ).

Local: Morumbi, em São Paulo (SP).

Horário: 20h

Fonte