BRASILEIRÃO

Quartas do Paulistão | Por que a Globo escolheu Palmeiras, e não São Paulo ou Corinthians, para exibir

Quartas do Paulistão | Por que a Globo escolheu Palmeiras, e não São Paulo ou Corinthians, para exibir
As quartas de final do Paulistão 2020 reforçaram a ideia que a Globo possui até para os estaduais, especialmente o Paulistão, que retornaram após o início da pandemia do novo coronavírus: uma plataforma para fazer crescer o Premiere o máximo possível até o início do Brasileiro, marcado para o dia 8 de agosto.Segundo apurou a…

As quartas de final do Paulistão 2020 reforçaram a ideia que a Globo possui até para os estaduais, especialmente o Paulistão, que retornaram após o início da pandemia do novo coronavírus: uma plataforma para fazer crescer o Premiere o máximo possível até o início do Brasileiro, marcado para o dia 8 de agosto.

Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, Red Bull Bragantino x Corinthians, marcado para quinta (30) às 19h30, além de ser um jogo do segundo melhor em desempenho no pay-per-view historicamente, é a partida considerada mais forte e esperada dessa fase, podendo atrair novos assinantes, não somente torcedores do Timão.

Para a Globo, colocar Palmeiras x Santo André na quarta (29) às 21h30 em TV aberta é vantajoso e o motivo é a audiência. Marcando números na casa dos 19 a 21 pontos de Ibope, média do Paulistão 2020 nesta faixa na Grande São Paulo, com uma partida sem um atrativo tão forte assim, a Globo consegue manter a liderança no Ibope sem ser ameaçada pela concorrência e entra comercialmente o que promete aos seus anunciantes.

A ideia do Corinthians e a projeção do Palmeiras também explicam o fato de São Paulo x Mirassol também ter ficado apenas no pay-per-view. Marcado para quarta (29), mas às 19h, a partida é o segundo jogo importante do Tricolor Paulista que fica só no Premiere desde a retomada do Estadual – a derrota contra o Red Bull Bragantino foi o primeiro.

A explicação é o crescimento que o Premiere já teve desde o retorno do futebol. Em uma semana, 20 mil pessoas já retornaram ao serviço de pay-per-view, e a maior parte delas foram torcedores do São Paulo que queriam assistir o jogo contra o Bragantino na semana passada, segundo apurou o UOL Esporte.

É possível medir isso através do cadastro realizado na internet no ato da assinatura – e que faz parte do valor do assinante ir para os cofres do clube. A expectativa da Globo é recuperar até o final do ano, já com o Brasileirão rolando, pelo menos 200 mil assinaturas das 450 mil perdidas durante a pandemia do novo coronavírus.

Para o retorno do Campeonato Brasileiro, a Globo aposta muito que Flamengo e Corinthians vão ajudar a alavancar o número de assinantes do Premiere. O jogo dessa semana nas quartas de final do Paulista pode colocar, na projeção interna da emissora, o Timão na frente dessa ideia, pelo menos momentaneamente.

Fonte