CARLOS AUGUSTO

R7 flagra novo BMW iX3 elétrico em testes na grande SP

R7 flagra novo BMW iX3 elétrico em testes na grande SP
Nossos leitores flagaram o SUV  X3 rodando pela rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo, na grande São Paulo, com pouca camuflagem e uma inscrição na porta dizendo tratar-se de um modelo híbrido. O crossover, que já é vendido desde o final de 2020 no Brasil, não tinha motivo para rodar parcialmente camuflado o que…

Nossos leitores flagaram o SUV  X3 rodando pela rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo, na grande São Paulo, com pouca camuflagem e uma inscrição na porta dizendo tratar-se de um modelo híbrido. O crossover, que já é vendido desde o final de 2020 no Brasil, não tinha motivo para rodar parcialmente camuflado o que nos levou a questionar se tratava-se do novo iX3 elétrico que já é vendido em alguns mercados e deve estrear no Brasil este ano. O flagrante foi feito pela leitora Paula Souza.

Segundo a assessoria de imprensa da BMW o carro em questão faz “testes de infraestrutura e validação de novas funcionalidades do BMW app em campo real pelo time de engenharia do BMW Group no Brasil”.

Novo iX3 é promessa para o Brasil

Mesmo que a versão flagrada não tenha sido a iX3, a marca BMW tem planos audaciosos de eletrificação em todos os mercados onde atua. Globalmente, o iX3  é bem parecido com a versão híbrida X3. A diferença é que o carro elétrico tem detalhes em azul na grade frontal, nas laterais e na traseira. Já as rodas, que no flagra são diferentes da versão divulgada oficialmente, usam um desenho fechado para reduzir em 5% o arrasto aerodinâmico.

O iX3 adota o motor elétrico com 286 cv e 40,8 kgfm de torque. Deste modo, é possível fazer de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos. Já a velocidade máxima é limitada em 180 km/h. A autonomia pode chegar a 520 quilômetros no ciclo europeu NEDC. Além disso, para ter mais economia de bateria, existe o modo de condução “B”, que utiliza a força da frenagem para regeneração de energia para recarregar as baterias. 

Assim como por fora, dentro também há detalhes em azul que estão presentes no volante e na alavanca de câmbio. O iX3 ainda possui teto solar panorâmico, rodas de 19 polegadas, faróis de LED, monitoramento de pressão dos pneus, piloto automático adaptativo, aviso de mudança involuntária de faixa, painel de instrumentos digital, bancos com ajustes elétricos, carregador sem fio para smartphones, além de uma central multimídia com compartilhamento com sistemas Android Auto e Apple Carplay.

Novo BMW 330e é mais econômico que Corolla, Civic e até Up TSi: veja o review completo! Veja o vídeo!

Planos de eletrificação

No ano passado a BMW divulgou um plano de eletrificação para os próximos 10 anos. A companhia de origem alemã planeja comercializar mais de 7 milhões de veículos elétricos em todo o mundo até 2030.

NOVO BMW X1 2020: o SUV mais vendido com 231cv 35kgfm de torque! VALE A COMPRA? Carro mitico e igao. Veja o vídeo!

Para isso, já prepara diversos lançamentos para este segmento. Além do iX3, a marca lançará o Série 7, Série 5, i4, iX e o X1 com motores que não soltam gases nocivos ao meio ambiente. A empresa também afirmou que venderá carros híbridos plug-in, que são recarregáveis por tomada, para ajudar na transição de combustão para elétricos. Até a próxima década a marca pretende que 50% de sua gama de veículos seja elétrica.

Com essa medida, a companhia pretende reduzir em 80% as emissões de gases de CO2 até 2030.

Atualmente, no Brasil a BMW e MINI, empresa que pertence a marca de orgiem bávara, comercializaram mais de 400 modelos deste porte em 2020.

Versão Híbrida


A BMW comercializa o X3 híbrido no Brasil desde setembro do ano passado. O SUV premium é vendido por R$ 342.950 na versão xDrive 30e e R$ 367.950 na variante X Line.

O crossover vem equipado com um motor de 2.0 litros de quatro cilindros turbo, que é associado com um elétrico. Juntos entregam 292 cv de potência com um torque de 42,8 kgfm. Utilizando apenas o trem de força eletrificado é capaz de chegar aos 110 km/h e tem autonomia de 46 quilômetros. A recarga pode ser realizada em até seis horas em uma tomada padrão. Além disso, vem equipado de série com carregador residencial Wallbox de 22 kW, que diminui o tempo de recarga para duas horas e meia.

Veja mais novidades, vídeos e fotos no Instagram @AutosTV_NOINSTA

*Em colaboração Felipe Salomão e Guilherme Magna 

Fonte