BRASILEIRÃO

Radar da Seleção: Veja quem está em alta e pode aparecer na lista de Tite

A CBF anunciará nesta sexta-feira, às 11h (de Brasília), a primeira convocação para a Seleção Brasileira desde o título da Copa América. Os dois próximos compromissos da equipe canarinho são os amistosos contra Colômbia e Peru, nos dias 6 e 10 de setembro, respectivamente. Passado a competição continental de seleções, disputada no Brasil, Tite deve…


A CBF anunciará nesta sexta-feira, às 11h (de Brasília), a primeira convocação para a Seleção Brasileira desde o título da Copa América. Os dois próximos compromissos da equipe canarinho são os amistosos contra Colômbia e Peru, nos dias 6 e 10 de setembro, respectivamente.

Passado a competição continental de seleções, disputada no Brasil, Tite deve intensificar o processo de renovação do time brasileiro visando a Copa do Mundo do Qatar-2022. Alguns nomes como Miranda, Willian, Filipe Luís e Fernandinho, com idade avançada, devem se afastar da camisa verde amarela.

Para os dois próximos amistosos, o treinador terá ainda que lidar com importantes desfalques. Gabriel Jesus está suspenso pela postura na final da Copa América, enquanto, segundo o ‘Globoesporte’, Grêmio, Athletico Paranaense, Cruzeiro e Internacional não terão jogadores convocados devido à congruência dos amistosos com os jogos de volta da semifinal da Copa do Brasil.

Com a iminência da convocação, o LANCE! separou em três grupos (‘muito prováveis’, ‘podem pintar’ e ‘correm por fora’) os jogadores cotados para surgir como novidade, em relação à Copa América, na lista de selecionados por Tite.

Fabinho, Gabigol e Renan Lodi podem ser as novidades na Seleção Brasileira (Foto: AFP; Alexandre Vidal/CRF; AFP)

Foto: Lance!

Lance!

FABINHO (LIVERPOOL)

Fabinho é titular do Liverpool, atual campeão europeu (Foto: AFP)

O volante do Liverpool foi, para muitos, a principal ausência na lista de Tite para a última Copa América. Dessa forma, só uma tragédia tira o jogador de 25 anos do início do ciclo que se estenderá até a Copa do Qatar-2022. Titular absoluto do clube atual campeão da Liga dos Campeões, Fabinho deve ser a principal concorrência de Casemiro pela cabeça-de-área da Seleção – uma vez que Fernandinho, aos 34 anos, deve se afastar da equipe canarinho.

RENAN LODI (ATLÉTICO DE MADRID)

Renan Lodi estreou recentemente pelo Atlético de Madrid (Foto: AFP)

Observado por Tite desde o bom 2018 pelo Athletico Paranaense, o lateral-esquerdo de 21 anos pode, finalmente, ganhar uma chance. O jogador manteve um bom nível de atuação no primeiro semestre de 2019, pelo Furacão e, agora, deve repetir na Seleção o que chegou ao Atlético de Madrid para fazer: substituir Filipe Luís, que assim como Fernandinho, deve perder espaço entre os convocados nos próximos anos.

WEVERTON (PALMEIRAS)

Weverton é titular do Palmeiras, atual campeão brasileiro (Foto: Agência Palmeiras/Divulgação)

Com a lesão de Alisson, que tirou o titular do Liverpool da decisão da Supercopa da Europa, abre-se uma vaga entre os goleiros da Seleção. Neto, recém-contratado pelo Barcelona e que fez bons amistosos de pré-temporada pelo clube culé, poderia surgir como opção, mas também lesionou-se na última semana. Assim, deve cair no colo do palmeirense Weverton a vaga de terceiro goleiro da equipe brasileira. As outras duas devem ficar a cargo de Ederson, do Manchester City, e Cássio, do Corinthians.

Lance!

TRIO DO FLAMENGO

Trio fez bom primeiro semestre pelo Fla (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

De Gabriel Barbosa, Everton Ribeiro e Bruno Henrique, pelo menos dois devem aparecer na lista de Tite – com preferência para os dois primeiros. Gabigol surge como opção para preencher a lacuna aberta por Gabriel Jesus (suspenso dos amistosos), enquanto o camisa 7 pode substituir o xará Everton, como jogador de extremidade do ataque, mesmo que atue pelo lado contrário ao gremista. Bruno Henrique, por sua vez, que pode cumprir as duas funções descritas acima, corre por fora.

VINÍCIUS JÚNIOR (REAL MADRID-ESP)

Vinícius Jr em ação pelo Real Madrid (Foto: GABRIEL BOUYS/AFP)

O jovem expoente do Real Madrid foi convocado para os últimos dois amistosos da Seleção antes da preparação para a Copa América, mas acabou cortado por uma lesão nos ligamentos do tornozelo – o que praticamente tirou suas chances de estar presente na competição de seleções disputada no Brasil. Recuperado, o ponta ex-Flamengo participou normalmente dos jogos de pré-temporada do Real Madrid, e é outro candidato a preencher o espaço deixado por Everton e Willian.

RODRIGO CAIO (FLAMENGO)

Rodrigo Caio voltou à boa fase pelo Flamengo (Foto: Rodrigo Gazzanel/RM Sports) 

Desde que chegou ao Flamengo, no início do ano, Rodrigo Caio tem feito boas partidas. Presente na Copa América Centenário, em 2016, e sete vezes convocado por Tite, o jogador do Flamengo tem a seu favor o fato de já ser um conhecido do treinador brasileiro. Rodrigo Caio é o favorito do momento para assumir a lacuna no próximo ciclo que deve ser deixada por Miranda, que aos 34 anos, acaba de deixar a Internazionale de Milão para atuar no futebol chinês.

TIAGO VOLPI (SÃO PAULO)

Tiago Volpi resolveu o problema do gol do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

O atleta do Tricolor foi alvo da observação da Taffarel, preparador de goleiros da Seleção, no último clássico entre São Paulo e Santos. O camisa 23 são-paulino, que foi sondado pela seleção mexicana quando atuava pelo Querétaro-MEX, é mais na corrida pela vaga deixada por Alisson.

Lance!

DUDU (PALMEIRAS)

Dudu comemora um de seus gols contra o Bahia, no último domingo (Foto: Reprodução/Twitter)

O camisa 7 do Verdão já viveu melhores momentos com a camisa alviverde, mas o saldo das últimas temporadas mais do que justifica uma chance com a amarelinha. Pesa contra Dudu a fase do Palmeiras desde a parada da Copa América, embora o jogador venha de dois gols no empate dos paulistas contra o Bahia, no último domingo, pelo Brasileirão.

JORGE (SANTOS)

Jorge vive bom momento pelo Santos, líder do Brasileiro (Ivan Storti/Santos)

Quem também esteve no clássico San-São do último fim de semana foi o próprio Tite, ao lado de seu auxiliar, Claudio Xavier. Um dos principais alvos da atenção da dupla foi Jorge, lateral-esquerdo do Alvinegro praiano.

Já convocado pelo atual treinador da Seleção antes da Copa do Mundo de 2018, Jorge pode receber uma nova chance. Junto com Renan Lodi, ele é um dos favoritos a assumir o legado de Filipe Luís e Marcelo, que não se encontram no auge da forma.

FELIPE ANDERSON (WEST HAM-ING)

Felipe Anderson foi destaque do West Ham na última temporada (Foto: AFP)

O meia-atacante ex-Santos e Lazio-ITA foi convocado por Tite para os amistosos contra Panamá e República Tcheca, em Março, e foi muito elogiado pelo treinador. Agora, com a ausência certa de Everton, e provável de Willian, o jogador de 26 anos pode voltar a receber uma chance na Seleção.

GIL (CORINTHIANS)

Gil retornou ao Corinthians em julho (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians) 

Campeão Brasileiro em 2015 com o Corinthians de Tite, o zagueiro é homem de confiança do técnico gaúcho. Mesmo atuando no distante futebol chinês entre 2016 e 2019, Gil foi convocado nove vezes por Adenor Bacchi durante o período. De volta ao Alvinegro paulista desde julho deste ano, o defensor não deve demorar a receber novas chances – o que pode acontecer já nesta sexta-feira.

JOELINTON (NEWCASTLE-ING)

Joelinton inicia sua trajetória na Premier League (Foto: AFP)

Recém-chegado à Inglaterra por 187,6 milhões de reais, como a maior contratação da história do Newcastle, o centroavante ex-Sport pegaria a muitos de surpresa se fosse convocado, é verdade. Em boa fase desde a última temporada, disputada pelo Hoffeiheim, da Alemanha, o jogador de 22 anos pode oferecer a Seleção características de um centroavante mais clássico – em falta entre os jogadores brasileiros. Joelinton corre por fora pela vaga deixada pelo suspenso Gabriel Jesus.

Fonte