SÃO PAULO

São Paulo comunica suspensão de um ano ao goleiro Jean

O São Paulo confirmou no início da noite desta quinta-feira a suspensão de um ano ao goleiro Jean, recentemente envolvido em um caso de violência doméstica contra sua mulher. Segunda a nota emitida pelo Tricolor, o contrato do arqueiro permanecerá suspenso até 31 de dezembro de 2020, liberando o atleta para procurar outro clube, com…

O São Paulo confirmou no início da noite desta quinta-feira a suspensão de um ano ao goleiro Jean, recentemente envolvido em um caso de violência doméstica contra sua mulher.

Segunda a nota emitida pelo Tricolor, o contrato do arqueiro permanecerá suspenso até 31 de dezembro de 2020, liberando o atleta para procurar outro clube, com condições “já estipuladas”. Caso não arrume nenhuma outra agremiação, o goleiro poderá ter seu vínculo rescindido, ao fim do período da pena.

Jean foi preso em dezembro, nos Estados Unidos, acuso da violência doméstica contra sua mulher.

Jean foi preso em dezembro, acusado de bater em sua esposa, nos Estados Unidos, e solto após pagamento de fiança. Na época, o São Paulo disse que iria esperar o atleta resolver a situação e voltar de férias para resolver se haveria alguma punição.

Confira na íntegra a nota emitida pelo São Paulo:

O São Paulo Futebol Clube comunica que nesta quinta-feira (9) firmou a suspensão do contrato de trabalho do atleta Jean Paulo Fernandes Filho. 

O contrato permanecerá suspenso até 31 de dezembro de 2020, período durante o qual o atleta poderá exercer atividades por outras agremiações em condições já estipuladas. Caso o jogador não seja contratado por um outro clube durante este período, o São Paulo Futebol Clube poderá decidir pela rescisão de contrato ao final deste ano de suspensão.


Gazeta Esportiva

Fonte