MORUMBI

São Paulo conquistava a América pela segunda vez há 27 anos

São Paulo conquistava a América pela segunda vez há 27 anos
Depois de um final de semana relembrando títulos do Campeonato Paulista e do Mundial de Clubes, o torcedor são-paulino também tem comemoração nesta terça-feira. Dia 26 de maio de 1993, o São Paulo conquistou a Libertadores da América pela segunda vez em sua história, há exatos 27 anos. Equipe recheada de craques venceu pela segunda…

Depois de um final de semana relembrando títulos do Campeonato Paulista e do Mundial de Clubes, o torcedor são-paulino também tem comemoração nesta terça-feira. Dia 26 de maio de 1993, o São Paulo conquistou a Libertadores da América pela segunda vez em sua história, há exatos 27 anos.

Equipe recheada de craques venceu pela segunda vez a Libertadores em 26 de maio de 1993 (Foto: Reprodução)

Foto: Lance!

O primeiro título veio no ano anterior, em 92, em cima do Newell’s Old Boys. No ano seguinte, o Tricolor repetiu a dose ao bater o Universidad Católica em duas partidas, a primeira por 5 a 1, no Morumbi, e a segunda perdendo por 2 a 0, no dia 26 de maio. Ainda assim, a equipe comandada por Telê Santana levantou mais um caneco após ter entrado na fase de mata-mata da competição.

Nas oitavas, bateu o Newell’s Old Boys (0 a 2 e 4 a 2), nas quartas deixou para trás o Flamengo (1 a 1 e 2 a 1) e, na semi, eliminou Cerro Porteño (1 a 0 e 0 a 0). No jogo de ida da final, López, Vitor, Gilmar, Raí e Muller golearam. Almada descontou para os chilenos. Já na volta, Lunari e novamente Almada fizeram, mas o São Paulo levantou a taça por conta do placar agregado.

Naquela equipe, merecem destaque Raí, que depois seria vendido para o Paris Saint-Germain, Palhinha, Muller, Cafu e tantos outros. Além do título para o Tricolor, a data também entrou para a história porque foi o primeiro time brasileiro, desde Santos de Pelé de 62 e 63, a conquistar um bicampeonato na Libertadores. Desde então, agora é o São Paulo de 92 e 93 que detém essa honraria.

UNIVERSIDAD CATÓLICA 2 X 0 SÃO PAULO

Estádio Nacional de Santiago – Santiago (Chile)

Data: 26 de maio de 1993

Árbitro: Juan Francisco Escobar (Paraguai)

Público: 45.000 pessoas

GOLS: Lunari, 9’/1; Almada (pênalti), 15’/1.

CDUC: Wirth, Romero, Vasquez, Barrera e Contreras (Cardoso); Parraguez, Lepe (capitão) e Lunari; Tupper (Reinoso), Almada e Perez. Técnico: Ignácio Prieto.

SPFC: Zetti; Vítor (Toninho Cerezo), Válber, Gilmar e Marcos Adriano; Pintado, Dinho, Cafu e Raí (capitão); Palhinha e Müller. Técnico: Telê Santana.

Veja também:

Entenda a disputa entre Flamengo e Globo sobre a MP dos direitos de transmissão

Fonte