TORCIDA

São Paulo contrata fisiologista do Santos e demite quatro profissionais

São Paulo contrata fisiologista do Santos e demite quatro profissionais
O São Paulo deu início à prometida reformulação no CT da Barra Funda com mudanças na equipe de trabalho. O clube contratou o fisiologista Luis Fernando de Barros, do Santos, para chefiar a área de saúde ao lado dos médicos José Sanchez e Tadeu Moreno, que já estavam no clube. Os três terão o mesmo…

O São Paulo deu início à prometida reformulação no CT da Barra Funda com mudanças na equipe de trabalho. O clube contratou o fisiologista Luis Fernando de Barros, do Santos, para chefiar a área de saúde ao lado dos médicos José Sanchez e Tadeu Moreno, que já estavam no clube. Os três terão o mesmo grau de hierarquia.

Luis Fernando de Barros durante passagem pelo Santos – FOTO: Divulgação/Santos FC

Foto: Lance!

Luis Fernando é filho de Turíbio Leite de Barros, fisiologista que marcou época no São Paulo e teve participação fundamental no auge no Reffis. Ele foi demitido do clube em 2010.Quatro profissionais não continuarão no São Paulo para 2020: o coordenador científico Altamiro Bottino, os preparadores físicos Wellington Valquer e Henrique Martins e o fisiologista Marco Aurélio Melo. Essas informações foram publicadas inicialmente pelo Globo Esporte e confirmadas pela reportagem.

O São Paulo está em busca de uma nova metodologia de trabalho na área da saúde, com novos processos. O clube entende que teve avanços desde 2017, quando Altamiro Bottino chegou para coordenar a implantação de novas tecnologias e a comunicação entre profissionais de diferentes setores, mas acredita que é hora de fazer ajustes. O número de lesões em 2019 causou muitas críticas da torcida, de conselheiros e até gerou mal-estar na própria comissão técnica em alguns momentos.

O preparador físico Carlinhos Neves, por exemplo, foi contratado ainda em dezembro de 2018 para melhorar o departamento e pediu para sair em junho após alguns atritos com Cuca, o técnico da época. Wellington Valquer, que está deixando o clube agora, foi contratado na época para ser um braço direito de Carlinhos.

Na reunião que determinou a permanência de Raí como diretor de futebol e uma maior proximidade de Diego Lugano com o departamento, a diretoria do São Paulo definiu que precisava reformular o CT da Barra Funda, tanto na estrutura física quanto pessoal. O clube também deve investir em equipamentos.

Veja como fica a área de saúde são-paulina

Chefes do departamento:

José Sanchez – médico

Tadeu Moreno – médico

Luis Fernando de Barros – fisiologista



Preparação física:


Wagner Bertelli (comissão de Fernando Diniz)

Pedro Campos (comissão fixa)

Fisioterapia:

Ricardo Sasaki

Alessandro Pereira

Betinho

Cilmara Moretti

Bruno Nestlehner

Fisiologia:

Renan Dias

Nutrição:

Larissa Aguiar



Psicologia:


Anahy Couto

Fonte