TORCIDA

São Paulo evita criar expectativa, mas tenta ter Daniel Alves até 2022

São Paulo evita criar expectativa, mas tenta ter Daniel Alves até 2022
O São Paulo tenta não criar expectativas exageradas em sua torcida e age com extrema cautela quando o assunto é Daniel Alves. Os dirigentes do clube e o técnico Cuca jamais falaram em público sobre a possibilidade de contratá-lo e, mesmo internamente, isso ainda é tratado como um "sonho". Não significa, porém, que o clube…

O São Paulo tenta não criar expectativas exageradas em sua torcida e age com extrema cautela quando o assunto é Daniel Alves. Os dirigentes do clube e o técnico Cuca jamais falaram em público sobre a possibilidade de contratá-lo e, mesmo internamente, isso ainda é tratado como um “sonho”. Não significa, porém, que o clube não esteja se movimentando para ter o lateral-direito de 36 anos.

O Tricolor está disposto a oferecer um contrato longo a Daniel Alves, válido pelo menos até a Copa do Mundo de 2022, e busca parceiros interessados em auxiliar na parte financeira – o clube tem problemas de caixa e, recentemente, chegou a atrasar pagamentos a jogadores.

Daniel Alves ainda não sabe onde jogará a partir deste segundo semestre (Foto: Nayra Halm/Fotoarena)

Foto: LANCE!

Daniel Alves, livre no mercado após o fim de seu contrato com o PSG (FRA), sabe desse interesse e o vê com bons olhos, sobretudo pelo tempo de contrato que o daria estabilidade até o próximo Mundial, que ele deseja disputar.

Quem o acompanha de perto diz que a prioridade continua sendo o futebol europeu, mas que ele não aceitará qualquer proposta. Enquanto o jogador curte as férias, o empresário dele está no Velho Continente ouvindo interessados. Até agora, as ofertas de contrato longo que apareceram foram de equipes que não disputarão a Champions League, o que não entusiasma o jogador.

O São Paulo se apega na possibilidade de Daniel Alves não receber uma oferta de um vínculo longo vinda de um “clube top” da Europa. Se aparecer algo deste tipo, é muito provável que ele aceite. Caso contrário, retornar ao Brasil passará a ser uma opção.

Essa possibilidade era tratada como nula até pouco tempo – foi o que o próprio Daniel disse em entrevista coletiva durante a Copa América. Nos últimos dias, porém, o que se ouve nos bastidores é que o jogador não descarta nada.

Veja também:

Karina Buhr volta cheia de som e fúria em “Desmanche”

Fonte