SÃO PAULO

São Paulo homenageia “eterno” Telê Santana, que faleceu há 14 anos

Nesta terça-feira, o São Paulo foi às redes sociais para homenagear um dos maiores treinadores da história do futebol mundial. Há 14 anos, no dia 21 de abril de 2006, Telê Santana faleceu devido a uma falência múltipla dos órgãos. "14 anos sem o Mestre… Foi no Dia de Tiradentes, em 21 de abril de…

Nesta terça-feira, o São Paulo foi às redes sociais para homenagear um dos maiores treinadores da história do futebol mundial. Há 14 anos, no dia 21 de abril de 2006, Telê Santana faleceu devido a uma falência múltipla dos órgãos.

“14 anos sem o Mestre… Foi no Dia de Tiradentes, em 21 de abril de 2006, que o mineiro Telê Santana partiu, aos 74 anos, deixando um legado incalculável ao São Paulo Futebol Clube e ao futebol mundial. Mestre Telê é eterno. “Olê, olê, olê, olê… Telê, Telê”, escreveram.

Natural de Itabirito, Telê atuou pelo Fluminense antes de marcar época como treinador e conquistar dois campeonatos mundiais pelo São Paulo. Na Seleção Brasileira, comandou a canarinho nas Copas do Mundo de 1982 e 1986.

Apesar do revés em ambos os torneios, Telê até hoje é considerado um dos maiores treinadores de todos os tempos.

Recentemente, uma frase dita por Johan Cruyff voltou a repercutir nas redes sociais.

“Se for para ser atropelado, que seja por uma Ferrari. O São Paulo jogou como legítimo campeão do mundo”, disse o craque holandês após ser derrotado pelo São Paulo de Telê, em partida válida pela final do Copa Intercontinental de 1992.


Gazeta Esportiva

Fonte