BRASILEIRÃO

São Paulo sai de situação de emergência pela covid após 2 anos

São Paulo sai de situação de emergência pela covid após 2 anos
São Paulo sai de situação de emergência pela covid após 2 anos Prefeito Ricardo Nunes revoga decreto de março de 2020; cidade tem taxa de ocupação de leitos de 26% para UTI Sérgio Lima/Poder360 - 4.abr.2020 Ministério da Saúde confirmou 196 novas mortes por covid-19 no Brasil no sábado (26.mar) Poder360 27.mar.2022 (domingo) - 5h32…

São Paulo sai de situação de emergência pela covid após 2 anos

Prefeito Ricardo Nunes revoga decreto de março de 2020; cidade tem taxa de ocupação de leitos de 26% para UTI

Sérgio Lima/Poder360 – 4.abr.2020

Ministério da Saúde confirmou 196 novas mortes por covid-19 no Brasil no sábado (26.mar)


Poder360

27.mar.2022 (domingo) – 5h32

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), revogou no sábado (26.mar.2022) o decreto que instituía a situação de emergência em virtude da covid-19, que vigorava há 2 anos.  A revogação foi publicada no Diário Oficial do município. Eia a íntegra (88 KB).

O decreto que estabelecia a situação de emergência entrou em vigor em 16 de março de 2020. Permitia, por exemplo, a compra de produtos e a contratação de serviços e trabalhadores para combater a doença sem licitação.

Boletim (íntegra – 1 MB) publicado pela Prefeitura no sábado indica que São Paulo tem 45 pessoas com quadro de covid-19 internadas em hospitais municipais e 30 pacientes com a doença em enfermaria. A taxa de ocupação de leitos é de 26% para UTI e 10% para enfermarias.

BRASIL

O Ministério da Saúde confirmou 196 novas mortes por covid-19 no Brasil no sábado. São 658.762 vítimas da doença no país desde o início da pandemia.

A média móvel de mortes vem apresentando tendência de queda há 1 mês, número está em 237, com variação de -45% em relação a duas semanas atrás.

Foram registrados 29.922 novos casos de covid-19 no mesmo período. Ao todo, já são 29.832.179 diagnósticos confirmados.

o Poder360 integra o

curtiu a reportagem? Compartilhe sua opinião

apontar erros neste texto

Fonte