MORUMBI

Seleção vai completar 80 seguidos longe do Maracanã

Seleção vai completar 80 seguidos longe do Maracanã
No dia 14 de junho, quando estrear na Copa América, contra a Bolívia, no Morumbi, a Seleção Brasileira vai completar 80 jogos seguidos sem utilizar o Maracanã. A última vez que jogou ali foi em junho de 2013, na final da Copa das Confederações, na qual conquistou o título ao vencer a Espanha por 3…

No dia 14 de junho, quando estrear na Copa América, contra a Bolívia, no Morumbi, a Seleção Brasileira vai completar 80 jogos seguidos sem utilizar o Maracanã. A última vez que jogou ali foi em junho de 2013, na final da Copa das Confederações, na qual conquistou o título ao vencer a Espanha por 3 a 0. Por vários anos, o estádio carioca foi considerado pela imprensa nacional e estrangeira como o templo do futebol mundial.

Como as outras duas partidas da primeira fase da Copa América, contra Venezuela e Peru, vão ser realizadas respectivamente na Fonte Nova (Salvador) e Arena Corinthians, em Itaquera (SP), esse número chegará a 82 – já incluídos os dois amistosos programados para antes da competição: com Catar (dia 5 de junho, no Mané Garrincha, em Brasília) e Honduras (dia 9, no Beira-Rio, em Porto Alegre).

Seleção Brasileira antes da final da Copa das Confederações de 2013, no Maracanã

Foto: Nilton Fukuda / Estadão

No Mundial de 2014, no Brasil, a Seleção não jogou nenhuma vez no Maracanã por excesso de autossuficiência dos dirigentes da CBF. Ao discutirem com a Fifa, dois anos antes, sobre o local dos jogos da equipe naquela Copa do Mundo, decidiram deixar uma única possibilidade de o time se apresentar no estádio – apenas se chegasse à decisão.

Questionado à época, sobre isso, o então presidente da confederação, Ricardo Teixeira, afirmou que não tinha nenhuma dúvida sobre a classificação da Seleção para a final. O Brasil tombou na semifinal daquela Copa, no histórico confronto com a Alemanha, no Mineirão: a tal derrota por 7 a 1.

Desde a decisão da Copa das Confederações, de 2013, a Seleção brasileira, com seu time principal, jogou 21 vezes no País. A Arena Castelão, em Fortaleza, o Mineirão e o Mané Garrincha foram anfitriões da equipe três vezes cada. Já o Estado de São Paulo foi o que acolheu em maior número a Seleção nesse período – por cinco vezes (duas na Arena Corinthians, duas no Allianz Parque e uma no Morumbi).

O time também atuou no Serra Dourada (Goiânia), Beira-Rio, Fonte Nova, Arena Pernambuco, Arena Amazônia, Arena das Dunas e Arena do Grêmio.

Veja também

Veja quem é o técnico de cada seleção que disputará a Copa América

Fonte: Silvio Alves Barsetti

Fonte