MORUMBI

Sem Raniel, São Paulo torce pelos retornos de Pato e Pablo contra o Grêmio

Sem Raniel, São Paulo torce pelos retornos de Pato e Pablo contra o Grêmio
O São Paulo torce para que Alexandre Pato e Pablo voltem a ficar à disposição já no próximo sábado, contra o Grêmio, às 11h (de Brasília), no estádio do Morumbi. Com a expulsão de Raniel neste domingo, na derrota por 2 a 0 para o Vasco, o Tricolor passa a não ter qualquer opção de…

O São Paulo torce para que Alexandre Pato e Pablo voltem a ficar à disposição já no próximo sábado, contra o Grêmio, às 11h (de Brasília), no estádio do Morumbi. Com a expulsão de Raniel neste domingo, na derrota por 2 a 0 para o Vasco, o Tricolor passa a não ter qualquer opção de origem para a vaga de centroavante da equipe, problema que terá de ser resolvido nesta semana.

Raniel já estava pendurado e, caso recebesse cartão amarelo, teria de cumprir suspensão automática por acúmulo de cartões. De qualquer maneira, o centroavante tricolor terá de ficar de fora do próximo compromisso da equipe, e, se não contar com os retornos de Pato e Pablo, o técnico Cuca terá de quebrar a cabeça para preencher a lacuna no setor ofensivo.

Alexandre Pato desfalcou o São Paulo nos últimos três jogos do Campeonato Brasileiro por conta de dores musculares. Uma pancada recebida no clássico contra o Santos acabou atingindo o nervo ciático do jogador, que até agora não conseguiu ter condições de jogo e vem fazendo tratamento fisioterápico na piscina do CT da Barra Funda.

Pablo, por sua vez, se lesionou logo em seu retorno aos gramados depois de longos meses fora por conta de uma cirurgia para retirar um cisto na região lombar. O centroavante foi o responsável por abrir o placar contra o Palmeiras, na primeira partida após a pausa para a Copa América, mas depois sentiu o tornozelo em uma queda e desde então não voltou a atuar.

Caso nenhuma das opções possa ir a campo contra o Grêmio, no próximo sábado, o técnico Cuca pode utilizar Vitor Bueno como centroavante improvisado, conforme já havia revelado em entrevistas recentes. O treinador são-paulino trabalha o atleta para que ele possa suprir essa carência quando necessário.


Gazeta Esportiva

Fonte