MORUMBI

Tiago Nunes reconhece falhas seguidas do Corinthians, mas não enxerga padrão em gols sofridos

Tiago Nunes reconhece falhas seguidas do Corinthians, mas não enxerga padrão em gols sofridos
O técnico Tiago Nunes fez a sua avaliação sobre a atuação do Corinthians na manhã deste domingo, no estádio do Morumbi, e reconheceu que o time precisa de ajustes defensivos. Apesar disso, ele considerou bem distintos os lances dos gols de Coritiba, Fortaleza e São Paulo."A circunstâncias dos gols foram diferentes, mesmo que a parte…

O técnico Tiago Nunes fez a sua avaliação sobre a atuação do Corinthians na manhã deste domingo, no estádio do Morumbi, e reconheceu que o time precisa de ajustes defensivos. Apesar disso, ele considerou bem distintos os lances dos gols de Coritiba, Fortaleza e São Paulo.

“A circunstâncias dos gols foram diferentes, mesmo que a parte final tenha sido semelhante, as circunstâncias foram diferentes”, começou Nunes, antes de destrinchar o que pensava de cada uma das jogadas.

“Contra o Fortaleza foi um gol num tiro de meta, que a gente demorou a se recompor e perdeu a primeira, a segunda e conseguiram infiltrar. Contra o Coritiba também foi um contra-ataque que a gente poderia ter tido uma recomposição melhor também, e hoje teve um erro coletivo da defesa”, continuou.

No lance deste final de semana, a bola correu do lado direito para o esquerdo até chegar em Toró. Fagner saiu para tentar diminuir o espaço do adversário, mas não conseguiu cortar o cruzamento. Gabriel o substituiu, mas, mesmo com a linha de 4 formada, uma indecisão de Sidcley deu o espaço necessário para Brenner cabecear.

“A jogada se inicia pelo lado esquerdo, roda pelo direito e retorna para área, onde estamos 3 para 3 e tivemos a dificuldade da marcação. Efeito cascata, onde o jogador não pega um cara solto na área, que acaba desdobrando todo resto”, observou.

De olho no confronto contra o Goiás, na quarta-feira, no Serra Dourada, o comandante corinthiano reconheceu que será necessário corrigir esses erros para que a equipe possa parar de perder tantos pontos.

“A gente tem preocupações de corrigir jogo a jogo. Não penso que seja um padrão, penso que foram circunstâncias que aconteceram. Temos que corrigir para o próximo jogo de maneira imediata”, concluiu.

Veja mais em:
Tiago Nunes, Sidcley e Danilo Avelar.

Fonte