TORCIDA

Último título paulista do São Paulo completa 15 anos: relembre

Último título paulista do São Paulo completa 15 anos: relembre
O último título paulista do São Paulo, conquistado em 2005 no formato de pontos corridos, completou 15 anos nesta sexta-feira e foi relembrado pelo clube em suas redes sociais.O Tricolor publicou imagens de Falcão e Mineiro ao lado do troféu daquele Estadual e também da Taça dos Invictos, prêmio que a equipe conquistou quando bateu…

O último título paulista do São Paulo, conquistado em 2005 no formato de pontos corridos, completou 15 anos nesta sexta-feira e foi relembrado pelo clube em suas redes sociais.

O Tricolor publicou imagens de Falcão e Mineiro ao lado do troféu daquele Estadual e também da Taça dos Invictos, prêmio que a equipe conquistou quando bateu o Marília por 6 a 0 no Morumbi, chegando a 13 rodadas sem perder. Àquela altura, o Marília era a única equipe que poderia construir uma série invicta maior que a do São Paulo no Paulistão, algo que deixou de ser possível com o triunfo dos comandados de Emerson Leão.

A invencibilidade chegaria a 15 partidas e seria quebrada pela Portuguesa, que venceu por 2 a 1 no Pacaembu no jogo que poderia ter sido o da confirmação do título, na 16ª rodada.

A taça foi confirmada na rodada seguinte, após empate sem gols com o Santos, em Mogi Mirim. O Peixe preferiu não mandar esta partida na Vila Belmiro para não correr o risco de ver o rival comemorando em sua casa.

Já campeão, o São Paulo perdeu em casa para a Ponte Preta, por 2 a 1, e venceu o Mogi por 2 a 1 fora de casa. A campanha terminou com 14 vitórias, três empates e apenas duas derrotas. Foram 45 pontos conquistados, enquanto Corinthians e Santos fizeram 37.

Emerson Leão deixou o clube pouco depois da conquista para trabalhar no Japão e foi substituído por Paulo Autuori, técnico que acabou levando o São Paulo às conquistas da Libertadores e do Mundial de Clubes no mesmo ano. Falcão, lenda do futsal que tentava se fixar no campo e tinha forte apoio da torcida, também saiu antes que o primeiro semestre terminasse e retornou às quadras. Ele não se dava bem com Leão e acabou se despedindo antes de saber que o treinador não permaneceria.

O destaque do São Paulo naquela campanha foi o atacante Diego Tardelli, artilheiro da equipe com 12 gols. Finazzi, do América-SP, foi o artilheiro geral da competição com 17.

JOGO DO TÍTULO



SANTOS 0 x 0 São Paulo

Data: 3/4/2005

Local: Estádio Wilson Fernandes de Barros, em Mogi Mirim (SP)

Árbitro: Wilson Luiz Seneme

Renda: R$ 200.261,00

Público: 12.382 pagantes

Cartão vermelho: Grafite (SAO)

SANTOS: Henao; Avalos, Halisson, Domingos e Bóvio; Rogério, Zé Elias (Preto), Rossini e Flávio; William (Fabio Baiano, depois Deivid) e Robinho. Técnico: Gallo.



SÃO PAULO:
Rogério Ceni; Fabão, Diego Lugano e Edcarlos; Cicinho, Mineiro (Renan), Josué, Danilo (Marco Antônio) e Junior; Grafite e Diego Tardelli (Luizão). Técnico: Emerson Leão.

CAMPANHA



Fase única – Turno único

20.01.2005 – 4 X 2 – ITUANO Futebol Clube (SP)

23.01.2005 – 4 X 3 – AMÉRICA Futebol Clube (São José do Rio Preto – SP)

27.01.2005 – 2 X 0 – Associação Atlética INTERNACIONAL (Limeira – SP)

30.01.2005 – 2 X 1 – UNIÃO SÃO JOÃO Esporte Clube (SP)

05.02.2005 – 2 X 2 – UNIÃO Agrícola BARBARENSE Futebol Clube (SP)

09.02.2005 – 4 X 3 – Associação Desportiva SÃO CAETANO (SP)

12.02.2005 – 4 X 1 – Clube ATLÉTICO SOROCABA (SP)

20.02.2005 – 3 X 0 – Sociedade Esportiva PALMEIRAS (SP)

24.02.2005 – 5 X 0 – Associação Atlética PORTUGUESA (Santos – SP)

27.02.2005 – 1 X 0 – Sport Club CORINTHIANS Paulista (SP)

06.03.2005 – 2 X 2 – PAULISTA Futebol Clube (SP)

12.03.2005 – 1 X 0 – RIO BRANCO Esporte Clube (SP)

19.03.2005 – 6 X 0 – MARÍLIA Atlético Clube (SP)

23.03.2005 – 2 X 1 – GUARANI Futebol Clube (SP)

26.03.2005 – 3 X 1 – Esporte Clube SANTO ANDRÉ (SP)

31.03.2005 – 1 X 2 – Associação PORTUGUESA de Desportos (SP)

03.04.2005 – 0 X 0 – SANTOS Futebol Clube (SP)

09.04.2005 – 1 X 2 – Associação Atlética PONTE PRETA (SP)

17.04.2005 – 2 X 1 – MOGI MIRIM Esporte Clube (SP)

Fonte